Sociedade

Vendedores ambulantes devem comercializar nos mercados oficiais

dd

PORMENOR DO MERCADO DO 30

PORMENOR DO MERCADO DO 30

A empresa “Kilanssa Su LDA”, no seu projecto social, sensibilizou hoje (terça-feira), em Luanda, os vendedores do mercado quilómetro 30, em Viana, no sentido de comercializarem os seus produtos nos mercados construídos pelo Governo, enquanto os ambulantes devem tratar o cartão de ambulante e não devem fixar-se em nenhum sítio.

Segundo o director-geral adjunto da “Kilanssa Su LDA”, António Simão, que falava durante uma palestra que visou desencorajar a venda ambulante no país, relativamente a esse trabalho, em 2015/16 foram colocadas placas de proibição de venda nos locais com maior fluxo de venda ambulante, com sombreiros para os fiscais efectuarem uma fiscalização preventiva, mas os vendedores são insistentes e desobedecem às orientações da Fiscalização.

De acordo com António Simão, a associação tem apelado aos vendedores para que voltem aos mercados que possuem maior acomodação e não na rua, onde correm risco de atropelamento e não possui higiene pública, bem como contactar a direcção municipal do comércio, para tratar o cartão de ambulante.

Por sua vez, o representante da Fiscalização de Luanda, Ricardo Pascoal, questionado sobre o destino dos produtos apreendidos, informou que os bens perecíveis, fuba e hortícolas, são levados às instituições de caridade existentes nos municípios, que faz a distribuição para os centros com maior carência.

Esclareceu que a Fiscalização apenas apreende os bens das pessoas que persistem em vender em locais proibidos ou mostram resistência em não querer sair das zonas interditas à venda, mas depois da aplicação de uma multa, no valor aproximado do preço do produto em causa, a mercadoria é devolvida. “E isto desencoraja algumas pessoas”, reconheceu.

Para o bom desempenho das actividades, fez saber que tem realizado encontros com os fiscais para acção formativa, formaturas diárias, no sentido de passar a mensagem de como devem actuar no terreno.

A empresa “Kilanssa Su LDA” tem vindo a sensibilizar, a nível nacional, os vendedores, sobretudo nos mercados paralelos, desde 2016, para acabarem com a venda anárquica nas circunscrições.

TPA com Angop/ AF

PUBLICIDADE
voltar ao topo

o tempo

Hoje

18°C

Amanhã

Depois

Hoje

23°C

Amanhã

Depois

Hoje

25°C

Amanhã

Depois

Hoje

20°C

Amanhã

Depois

Hoje

17°C

Amanhã

Depois

Hoje

16°C

Amanhã

Depois

Hoje

19°C

Amanhã

Depois

Hoje

14°C

Amanhã

Depois

Hoje

15°C

Amanhã

Depois

Hoje

25°C

Amanhã

Depois

Hoje

16°C

Amanhã

Depois

Hoje

19°C

Amanhã

Depois

Hoje

16°C

Amanhã

Depois

Hoje

21°C

Amanhã

Depois

Hoje

19°C

Amanhã

Depois

Hoje

17°C

Amanhã

Depois

Hoje

21°C

Amanhã

Depois

Hoje

25°C

Amanhã

Depois

Hoje

23°C

Amanhã

Depois

Hoje

18°C

Amanhã

Depois

Hoje

25°C

Amanhã

Depois

Hoje

24°C

Amanhã

Depois

Hoje

20°C

Amanhã

Depois