Sociedade

Sorteio para aquisição de moradias com transmissão televisiva no dia 20

dd

O sorteio para aquisição de moradias na centralidade do Zango 5, município de Viana, em Luanda, será feito no dia 20 deste mês, com transmissão televisiva, em directo, anunciou, quarta-feira, em Abu Dhabi, Emirados Árabes Unidos, a ministra do Ordenamento do Território e Habitação.

Ana Paula de Carvalho, que participou no 10º Fórum Urbano Mundial disse ser essa a melhor maneira de mostrar transparência no processo de distribuição de moradias.
De acordo com a ministra, o sorteio de casas com transmissão televisiva, em directo, foi decidida por causa do elevado número de pessoas que se inscreveram para concorrer por uma moradia no Zango 5, numa altura em que a quantidade de habitação disponível é menor que a procura.
Um total de 157.431 candidatos está inscrito para 2.390 casas.
A governante garantiu que serão efectuados sete sorteios, para igual número de tipologias de moradias disponíveis naquela centralidade. "O sorteio vai funcionar por via de um programa computacional, que está a ser desenvolvido", garantiu.
Para evitar a suspeição no processo, Ana Paula de Carvalho disse que o sorteio vai ser feito de forma aleatória, para as diversas tipologias de moradias.
Instado a explicar os meandros do processo, a ministra disse que todos os concorrentes da tipologia A1 e B, por exemplo, serão confinados no mesmo sorteio, assim como as moradias geminadas, isoladas e apartamentos, em diferentes.
"Com essa ferramenta, o processo vai acabar por ser muito simples, sem motivos para dúvidas por parte dos concorrentes e da sociedade" disse confiante a ministra.
O equipamento está a ser desenvolvido por uma instituição académica nacional e fazem parte técnicos dos Ministérios do Ordenamento do Território e Habitação, Telecomunicações e Tecnologias de Informação e do Instituto de Supervisão de Jogos.
O elemento relevante neste processo tem a ver com o facto de a entidade que organizou as inscrições não fazer parte da comissão encarregue de preparar o sorteio.
A Imogestim vai disponibilizar os códigos de barra dos candidatos, numa operação cujo actor é o dispositivo informático que vai determinar os contemplados das moradias.
Após a realização dos sorteios, a lista dos contemplados será divulgada no Jornal de Angola, Portal do Governo e redes sociais, devendo serem salvaguardados os nomes das pessoas, para evitar exposição.

Fonte: JA/LD

PUBLICIDADE
voltar ao topo

o tempo