Sociedade

Santa Sé elogia I Congresso Eucarístico de Angola

dd

Cardeal português José Manuel Macário Clemente - enviado especial do Papa Francisco ao I Congresso Nacional Eucarístico de Angola

Foto: Angop

Cardeal português José Manuel Macário Clemente - enviado especial do Papa Francisco ao I Congresso Nacional Eucarístico de Angola

Foto: Angop

O enviado especial do Papa Francisco ao I Congresso Nacional Eucarístico de Angola, o cardeal português José Manuel Macário Clemente, considerou neste domingo, o evento um acto magnifico, de demonstração da fé e união dos cristãos angolanos.

Falando na homilia na missa de encerramento do Congresso, decorrida da praça João Paulo II, pequena para acolher os milhares de fies católicos  idos de todas as províncias do país, disse que Angola demonstrou, mais uma vez, ser um sítio onde se pode encontrar a presença de Cristo ressuscitado.  

“Podem acreditar que Deus está contente connvosco”, afirmou o presidente do acto,  sublinhando a “grandiosidade” da reunião, que durante uma semana juntou os católicos para analisar o mistério eucarístico, um elemento que incentiva a partilha do amor, a solidariedade e o carinho para com o próximo.

Para si, não é fácil realizar uma actividade do género, pois houve muito trabalho ao longo de muitos meses por parte de todos que tiveram está iniciativa, com o apoio das autoridades governamentais.

O cardeal realçou que o congresso foi um momento de reafirmação da familiaridade dos fiéis, que se propagou na partilha de ideias com espontaneidade, confiança e convicções, que tornaram a igreja num todo comunitário.

“Levaremos na memoria viva um testemunho activo da igreja, um momento forte que nos revela a presença de Jesus Cristo ressuscitado em Angola. Dias que devem ser lidos assim mesmo “Hoje Angola é Emaús”.

De acordo com Manuel Clemente, a partilha do pão entre Jesus Cristo e os discípulos em Emaús, o esteio da realização deste congresso, deve servir de reflexão permanente para o cimentar valores como união e ajuda para com os mais necessitados.

A primeira parte do Congresso, no qual participam arcebispos e bispos da Conferência Episcopal de Angola e São Tome (CEAST), foi marcado pelo Simpósio sobre a Igreja Católica, que decorreu entre segunda e quarta-feira, com a análise de temas como a “A evangelização em Angola”, “A nova evangelização”, “O evangelizado evangeliza, Perspectiva para Angola” e “Evangelização eucaristia e reconciliação”.

Na segunda parte, de quinta-feira a sábado, o programa do conclave inscreveu a realização de catequeses sobre “Eucaristia, mistério acreditado, celebrado e vivido”, “Missão e participação do Leigo na evangelização”, “Reconciliação nos documentos  do magistério da Igreja” e abordagem sobre “A reconciliação nacional efectiva”.

Sob o lema “Hoje Angola é Emaús”, o mesmo contou com a presença do enviado especial do Papa Francisco, o cardeal português José Manuel Macário do Nascimento Clemente, do presidente do Pontifício Comité para os Congressos Eucarísticos Internacionais, o italiano monsenhor Guido Marini, bem como Núncio Apostólico em Angola, Petar Ragic.

TPA com Angop/AF


PUBLICIDADE
voltar ao topo

o tempo

Hoje

20°C

Amanhã

Depois

Hoje

20°C

Amanhã

Depois

Hoje

22°C

Amanhã

Depois

Hoje

22°C

Amanhã

Depois

Hoje

19°C

Amanhã

Depois

Hoje

17°C

Amanhã

Depois

Hoje

20°C

Amanhã

Depois

Hoje

16°C

Amanhã

Depois

Hoje

16°C

Amanhã

Depois

Hoje

20°C

Amanhã

Depois

Hoje

18°C

Amanhã

Depois

Hoje

24°C

Amanhã

Depois

Hoje

17°C

Amanhã

Depois

Hoje

20°C

Amanhã

Depois

Hoje

18°C

Amanhã

Depois

Hoje

19°C

Amanhã

Depois

Hoje

20°C

Amanhã

Depois

Hoje

22°C

Amanhã

Depois

Hoje

20°C

Amanhã

Depois

Hoje

22°C

Amanhã

Depois

Hoje

22°C

Amanhã

Depois

Hoje

22°C

Amanhã

Depois

Hoje

21°C

Amanhã

Depois