Sociedade

Restos mortais de empresário português serão sepultados na sua terra natal

dd

Os restos mortais do empresário português Adérito Teté, morto na madrugada de domingo (3) por meliantes no interior da sua residência, na cidade de Malanje, foram transladados quarta-feira para Luanda, a fim de seguirem para Portugal, onde serão sepultados, soube Angop.

Antes, o cadáver foi velado no Comando Provincial do Serviço de Protecção Civil e Bombeiros diante de familiares, amigos, empresários e membros da comunidade portuguesa residente na província de Malanje.

O empresário foi morto a paulada por elementos desconhecidos, embora o efectivo do Serviço de Investigação Criminal (SIC) tenha já detido indivíduos suspeitos de cometerem o crime, que estão a ser interrogados.

Na altura da morte do cidadão luso não se registou qualquer sinal de arrombamento da residência, nem ouve roubo de bens, tendo a Polícia Nacional descoberto o cadáver por meio de uma denúncia de alguém próximo que notou a ausência do empresário e encontrou a sua viatura com as portas aberta na via pública.

Com 78 anos de idade, Teté Gouveia vivia há mais de 60 anos em Angola, deixa viúva e dois filhos.

Fonte: Angop/LD

PUBLICIDADE
voltar ao topo

o tempo