Sociedade

Províncias do leste beneficiam de energia da barragem de Laúca

dd

As províncias do Moxico, Lunda Sul e Lunda Norte (regiões do leste de Angola) vão beneficiar, nos próximos tempos, de energia eléctrica a partir da barragem de Laúca informou hoje, segunda-feira, no Luena, o ministro da Energia e Águas, João Baptista Borges.

Ao falar à imprensa, no quadro da visita de trabalho de dois dias que efectua ao Moxico, o governante explicou que até 2022 prevê-se interligar energeticamente as três províncias, através da barragem de Laúca, localizada em Malanje.

Disse que o projecto tem o objectivo de ajudar a acelerar o processo de desenvolvimento da região leste do país e melhorar a qualidade de vida da população local.

Fez saber o sector prevê instalar uma central fotovoltaica, de 20 megawatts, na cidade do Luena, com vista a aumentar a produção de energia diminuir os custos na aquisição do gasóleo.

Sobre planos para o fornecimento de água potável na província do Moxico, o governante informou que, o primeiro aspecto, será combater as ravinas e desassorear os rios Luena e Lumege, respectivamente, para uma melhor captação e distribuição deste bem à casa do consumidor.

Acompanhado pelo governador da província do Moxico, Gonçalves Muandumba, João Baptista Borges visitou a nova central térmica, de 20 MW do bairro Social da Juventude, os sistemas de captação de água construídas às margens dos rios Lumege e Luena, o projecto habitacional de 450 residências, entre outros empreendimentos.

Na terça-feira (13), o ministro irá trabalhar no município de Camanongue.

PUBLICIDADE
voltar ao topo

o tempo