Sociedade

Polícia nega envolvimento em morte de cidadão no Cazenga

dd

A delegação de Luanda do Ministério do Interior (Minint) negou, nesta quinta-feira, a participação policial em morte de um cidadão de 34 anos de idade, na quarta-feira(20), no bairro Adriano Moreira, no município do Cazenga, em Luanda.

O facto ocorreu no período da manhã de quarta-feira quando a vítima foi abordada por elementos suspeitos abordo de uma motorizada, que efectuaram disparos de arma de fogo, tendo atingido  na região do abdómen. A vítima morreu no local.

Num comunicado de imprensa a que a Angop teve aceso, o Minint afirma que os populares teriam feito um juízo de valores no sentido de culpabilizar agentes da corporação.

Esclarece que investigação feitas por peritos da Polícia de Investigação Criminal (SIC) concluíram que os disparos foram feitos por meliantes, em número não revelado, que, na ocasião estavam trajados de roupas azuis (fato macaco), levando os populares a presumir tratar-se de agentes da polícia.

A delegação do Minint lamenta a morte do cidadão e afirma ter desencadeado diligências no sentido de proceder a localização e detenção dos indivíduos implicados no crime e encaminha-los aos órgãos de justiça.

Angop

PUBLICIDADE
voltar ao topo

o tempo