Sociedade

Lunda Norte: SIC deteve homem que prometia emprego nas Nações Unidas em troca de dinheiro

dd

O Serviço de Investigação Criminal deteve um cidadão nacional que se fazia passar por um funcionário do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR), na Lunda Norte.

A delegação provincial do Ministério do Interior na província da Lunda-Norte informa em comunicado que o homem, apercebendo-se da existência de uma vaga no escritório do ACNUR para o preenchimento da função de técnico assistente de águas, adquiriu um formulário, no dia 06 de Janeiro de 2020, que foi utilizando para publicitar o suposto concurso e atrair os jovens interessados, alegando existirem mais de trinta vagas.

O indivíduo terá realizado cinquenta inscrições, cobrando por cada uma delas entre os 30 e os 50 mil kwanzas.

O escritório do ACNUR explica que está disponível apenas uma vaga e as inscrições para concorrer são grátis.

Fonte: NovoJornal/BA

PUBLICIDADE
voltar ao topo

o tempo