Sociedade

Jovem que pôs a sobrinha em perigo continua detida

dd


A informação foi avançada quinta-feira ao Jornal de Angola pela procuradora da República titular, em funções no posto policial “Vila Azul”, afecto ao comando de divisão de Viana, onde se encontra detida preventivamente desde quarta-feira.

O Jornal de Angola soube no local que a mulher já tem advogado de defesa e foi transferida para o posto policial localizado no condomínio “Vila Azul”, da Polícia Nacional, localizado no Luanda Sul, por a esquadra do Zango Zero, para onde foi levada inicialmente, não ter condições para receber mulheres na condição de detidas.

A detenção da mulher é resultante da divulgação de um vídeo, que se tornou viral nas redes sociais, no qual aparece a menor a varrer uma laje do edifício, junto à janela de um dos quartos, onde a mulher se encontrava a dar orientação à sobrinha de sete anos.

Num documento, tornado público na quarta-feira, a Procuradoria-Geral da República, após tomar conhecimento do vídeo, abriu um processo-crime e constituiu arguida a mulher, que está indiciada por violência doméstica.

Na quinta-feira, a mulher foi ouvida, durante mais de três horas, pela procuradora da República titular junto da esquadra policial situada no condomínio “Vila Azul”, devendo a magistrada também ouvir, como declarantes, familiares que vivem com a arguida no referido apartamento para aferir se é ou não reincidente na atitude que pôs em perigo a vida da sobrinha.

Não está descartada a possibilidade de a procuradora ouvir também o autor do vídeo e outros vizinhos.

Fonte:JA/EG

PUBLICIDADE
voltar ao topo

o tempo