Sociedade

Jornalista angolano Gabriel Niva galardoado com o Prémio Lusofonia 2018

dd

Foto: Whatsapp

Foto: Whatsapp

O jornalista angolano, Gabriel Niva, foi distinguido por unanimidade, pelo trabalho constante e de qualidade superior que tem desenvolvido com intensidade e regularidade nos diferentes segmentos dentro e fora comunicação social lusófona.


A cidadania angolana e lusófona ficam assim devidamente prestigiadas com esse notável trabalho desenvolvido lê-se no Comunicado da Organização da 2ª edição da Gala dos Prémios LUSOFONIA.

Na mesma cerimónia foram também galardoados com o Prémio LUSOFONIA, Paulo Pisco na área de cidadania, Domingos Simões Pereira ex-primeiro ministro da Guiné-Bissau com o Prémio Carreira e Fátima Lopes na categoria de Moda. Tito Paris, músico e compositor cabo verdiano recebeu o Prémio Musica, ne Nélida Pinon galardoada na categoria de literatura. Gabriela Carrascalao recebeu o prémio na área de artes plásticas.

O evento reuniu em Lisboa no Auditório Rui de Carvalho em Carnaxide, políticos, escritores, responsáveis associativos e artistas da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa.

Os prémios da Lusofonia constituem um momento de grande celebração da cidadania qualificada da língua portuguesa e do ideal da Lusofonia.

Gabriel Nova nasceu na província da Huíla. iniciou a sua carreira como locutor em 1996. Destacou -se como editor e apresentador de Noticiários. Foi realizador e apresentador de programas de entretenimento com grandes audiências. em 1997 e 1998 foi nomeado como Melhor Radialista da Cidade de Lubango.

Já em Luanda foi radialista da Ecclesia, emissora católica de Angola, apresentando serviços noticiosos.

Ganhou destaque, entre outros importantes programas, no Kais FM, líder de audiências entre 2000 a 2008.

Entre 2008 e 2013 apresentou o Talk Show de maior audiência nas manhãs da Televisão Pública de Angola ( 10-12) com Creusa Nhanga.

Desempenhou ainda a função de Consultor de Imprensa do Ministério angolano dos assuntos parlamentares.

Actualmente é jornalista correspondente da Televisão Pública de Angola em Portugal, desde 2014, retratando o universo lusófono nos mais variados segmentos.

TPA com Platinaline / EB

PUBLICIDADE
voltar ao topo

o tempo