Sociedade

Acredite: produtos naturais podem melhorar a saúde bucal

dd

Além de escovar os dentes após as refeições e visitar o dentista regularmente, existem alimentos e produtos naturais que prometem ajudar a manter sua boca longe de cáries, mau hálito e outras doenças. Não custa conferir, mas sempre vale a pena comentar com seu dentista e ouvir a opinião dele como especialista.


Cebola

Popular na mesa dos brasileiros, esse vegetal mantém a boca livre das indesejáveis bactérias. Para ter benefícios, é importante consumir a cebola crua – que tal adicioná-la em saladas e sanduíches?

Óleo de coco extravirgem

Com propriedades antimicrobianas e anti-inflamatórias, o produto ajuda a prevenir a placa bacteriana. Faça um bochecho com 1 colher (sopa) do óleo uma vez por dia – em seguida despreze o líquido.



Chá verde

O líquido carrega um tipo de antioxidante, conhecido como polifenol Epigalocatequina Galato, que afasta o risco de desenvolver bactérias que causam inflamação nas gengivas. Tome uma xícara por dia.


Folha de goiabeira

Ela é rica em ativos que inibem a formação da placa bacteriana. Basta lavar duas unidades, mastigá-las por alguns minutos e depois jogá-las fora. Finalize o tratamento enxaguando a boca com água morna



Óleo essencial de alecrim

O produto combate o mau hálito e ainda evita a proliferação de bactérias, capazes de provocar doenças bucais. Em um copo de água, pingue cerca de 20 gotas do óleo de alecrim e faça um bochecho uma vez por dia.

Bicarbonato de sódio

O item usado na culinária também serve para ajudar a eliminar a placa bacteriana dos dentes. Umedeça a escova, coloque um pouquinho do pó em cima e escove normalmente. Lembre-se porém de não usar força porque o produto pode arranhar o esmalte dos dentes. Repita o procedimento uma vez por semana.


Vinagre branco
Graças ao seu poder antibactericida, o líquido evita o surgimento da placa e de outros problemas orais. Dilua 2 colheres (sopa) do produto em ½ xícara de água morna e junte 1 colher (sopa) de sal. Faça bochechos diários.
Fonte: YAHOO/BA

PUBLICIDADE
voltar ao topo

o tempo