Política

CASA-CE defende realojamento dos cidadãos

dd

A necessidade de realojamento dos cidadãos que habitam em zonas de risco, por formas a salvaguardar vidas humanas, foi defendida ontem, em Luanda, pelo presidente da Convergência Ampla de Salvação de Angola - Coligação Eleitoral (CASA-CE).

Abel Chivukuvuku deslocou-se ao bairro Vila Flor, distrito urbano do Tala Hadi, município do Cazenga, em Luanda, para se inteirar das condições em que vivem os cidadãos, ao redor da subestação de energia eléctrica, colocada pela ENDE. Em declarações à imprensa, Abel Chivukuvuku defendeu que estes cidadãos e outros que habitam em zonas de risco devem ser desalojados e colocados em outros pontos, por forma a garantir a segurança dos mesmos. “O fundamental é perceber e compreender os problemas dos cidadãos”, disse o político, realçando que o Executivo deve optar por soluções favoráveis.
O líder da CASA-CE, que na visita fez-se acompanhar de deputados e membros do Conselho Presidencial da Convergência alertou que os cidadãos que habitam ao redor da subestação correm risco de vida, devido a proximidade dos cabos de energia de alta tensão. A subestação de energia eléctrica foi montada há mais de quatro anos, pela Empresa Nacional de Distribuição de Energia(ENDE).  Cazenga, conta com seis distritos urbanos, nomeadamente, Tala-Hadi, Hoji Ya Henda, Cazenga, 11 de Novembro, Kima-Kieza e Calwenda.

Fonte: JA/LD

PUBLICIDADE
voltar ao topo

o tempo