Nacional

TAAG volta voar ao Dundo

dd

RUI CARREIRA, ADMINISTRADOR DA TAAG

Foto: Cedida

RUI CARREIRA, ADMINISTRADOR DA TAAG

Foto: Cedida

A reabertura dos voos regulares da TAAG, Linhas Aéreas de Angola, à cidade do Dundo, Lunda Norte, pode trazer boas performances comerciais para a companhia, augurou hoje, o coordenador adjunto da sua comissão de gestão, Rui Carreira.

A TAAG volta, finalmente, ao Dundo, e como um dos pilares de desenvolvimento de qualquer país é a circulação de pessoas e bens, “é com muito prazer que reiniciamos os voos para esta região”, afirmou Rui Carreira em declarações à imprensa, no aeroporto Kamakenzo, no acto que marcou o reinício dos voos da transportadora àquela cidade.

De acordo com o coordenador, depois de uma paralisação de dez anos, para obras de reabilitação e ampliação da pista, com base nos padrões recomendados pela Organização Internacional da Aviação Civil, as melhorias efectuadas vão aumentar a segurança e o conforto dos passageiros e propiciar um bom ambiente de negócios para os empresários da região.

Informou que, numa primeira fase, a TAAG decidiu efectuar duas frequências semanais, às terças-feiras e aos sábados, para avaliar o comportamento do mercado, podendo alterar o número de voos  em função da demanda.

“Nós encaramos isso com bastante optimismo, porque, de acordo com os dados históricos, o Dundo sempre foi uma boa rota e com as potencialidades económicas desta região, auguramos que esta reabertura possa trazer boas performances comerciais para a TAAG” e contribuir para o desenvolvimento sócio-económico da região leste e do país, salientou.

No voo DT- 220, embarcaram de Luanda 120 passageiros, com destaque para o governador da província da Lunda Norte, Ernesto Muangala, e o coordenador adjunto da comissão de gestão da TAAG, entre jornalistas e outros convidados que fizeram questão de testemunhar o acto.

A Empresa Nacional de Exploração de Aeroportos e Navegação Aérea (ENANA) realizou, nos últimos anos, obras de ampliação da pista do aeroporto do Dundo, que consistiram na ampliação da pista, que passou de mil e 800 para dois mil e 500 metros de comprimento, de 20 para 45 de largura e 15 metros de bermas para permitir a aterragem de aviões de grande porte.

O aeroporto Kamakenzo, um edifício de dois pisos, tem capacidade para receber 300 passageiros em hora de ponta.

TPA com Angop/AF

PUBLICIDADE
voltar ao topo

o tempo

Hoje

21°C

Amanhã

Depois

Hoje

23°C

Amanhã

Depois

Hoje

26°C

Amanhã

Depois

Hoje

19°C

Amanhã

Depois

Hoje

18°C

Amanhã

Depois

Hoje

18°C

Amanhã

Depois

Hoje

20°C

Amanhã

Depois

Hoje

18°C

Amanhã

Depois

Hoje

17°C

Amanhã

Depois

Hoje

25°C

Amanhã

Depois

Hoje

15°C

Amanhã

Depois

Hoje

20°C

Amanhã

Depois

Hoje

17°C

Amanhã

Depois

Hoje

22°C

Amanhã

Depois

Hoje

19°C

Amanhã

Depois

Hoje

19°C

Amanhã

Depois

Hoje

21°C

Amanhã

Depois

Hoje

25°C

Amanhã

Depois

Hoje

26°C

Amanhã

Depois

Hoje

19°C

Amanhã

Depois

Hoje

25°C

Amanhã

Depois

Hoje

24°C

Amanhã

Depois

Hoje

21°C

Amanhã

Depois