Nacional

Ministério da Comunicação Social antecipa Prémio Nacional de Jornalismo

dd

JORNALISTAS ANGOLANOS EM COBERTURA (Arquivo)

JORNALISTAS ANGOLANOS EM COBERTURA (Arquivo)

O Prémio Nacional de Jornalismo, edição 2017, vai acontecer este ano a 20 de Julho, contrariamente ao que tem sido habitual, em virtude da realização no país das eleições gerais previstas para o segundo semestre.

O facto foi anunciado nesta sexta-feira, em Luanda, pelo secretário de Estado da Comunicação Social  no acto de lançamento do galardão, um prémio que visa incentivar e distinguir a criatividade e investigação jornalísticas.

Manuel da Conceição, que representou o titular da pasta, José Luís de Matos, recordou que o Prémio Nacional de Jornalismo, que em anos anteriores, tem sido entregue entre os meses de Setembro e Dezembro, distingue os melhores trabalhos nos distintos géneros jornalísticos, nas categorias de imprensa, rádio, televisão e fotojornalismo.

Assim, alimentou a esperança de que o número de concorrentes ultrapasse largamente o das interiores edições pois que, em sua opinião “ seria uma marca indelével na folha de serviço de qualquer jornalista”.

Os trabalhos concorrentes deverão ser entregues até 15 de Junho, para cuja avaliação foi constituído um corpo de júri, encabeçado pelo director do Instituto Superior de Ciências da Comunicação, Albino Carlos.

Integram-no, os jornalistas Manuel Luciano, da Rádio Nacional, Mariana Ribeiro, da Televisão Pública de Angola, o docente universitário Adérito Kizunda e o repórter-fotográfico Carlos Guimarães.

A esse respeito, o secretário de Estado da Comunicação Social disse estar convicto que “aos integrantes do corpo de júri não falte competência profissional, idoneidade, ética e moral, atributos que seguramente serão colocados em prática no momento da avaliação dos trabalhos concorrentes”.

O Prémio Nacional de Jornalismo, implementado em 2008, é uma iniciativa do Governo que visa motivar, estimular e distinguir a criatividade, valorização da competência, mérito e o profissionalismo dos jornalistas nacionais.

A edição de 2016 foi ganha pelos jornalistas José Honório, da Angop, na categoria de imprensa, enquanto a dupla da Rádio Nacional de Angola (RNA) Carla Castro/Jorge

Madeira, fizeram-no na disciplina de rádio. O jornalista da Televisão Pública de Angola (TPA) Isidro Sanhanga, foi o galardoado na categoria de Televisão.

TPA com Angop/ AF

PUBLICIDADE
voltar ao topo

o tempo

Hoje

36°C

Amanhã

Depois

Hoje

27°C

Amanhã

Depois

Hoje

28°C

Amanhã

Depois

Hoje

29°C

Amanhã

Depois

Hoje

31°C

Amanhã

Depois

Hoje

30°C

Amanhã

Depois

Hoje

37°C

Amanhã

Depois

Hoje

31°C

Amanhã

Depois

Hoje

31°C

Amanhã

Depois

Hoje

26°C

Amanhã

Depois

Hoje

31°C

Amanhã

Depois

Hoje

31°C

Amanhã

Depois

Hoje

32°C

Amanhã

Depois

Hoje

38°C

Amanhã

Depois

Hoje

30°C

Amanhã

Depois

Hoje

36°C

Amanhã

Depois

Hoje

24°C

Amanhã

Depois

Hoje

27°C

Amanhã

Depois

Hoje

36°C

Amanhã

Depois

Hoje

32°C

Amanhã

Depois

Hoje

28°C

Amanhã

Depois

Hoje

26°C

Amanhã

Depois

Hoje

28°C

Amanhã

Depois