Nacional

Homem morre depois de cigarro eletrónico explodir na cara

dd

Foto: iStock

Foto: iStock

Um homem de 38 anos morreu este sábado na sua casa na Flórida, Estados Unidos, depois de um cigarro eletrónico ter explodido na sua cara, refere o Huffington Post. Segundo as autoridades da cidade de Saint Petersburg, um vizinho deu o alerta para um pequeno incêndio na casa de Tallmadge D’Elia. No entanto, quando chegaram ao local não puderam fazer nada para evitar a morte do homem que apresentava várias lesões no rosto.

Os cigarros eletrónicos “têm uma bateria de lítio e começam a gerar calor. Neste caso, acreditamos que explodiu”, disse o tenente Steve Lawrence dos bombeiros de St.Petersburg à Spectrum 9. A outra estação televisiva, a WFTS-TV, o tenente afirmou que ter um cigarro destes é como ter “uma bombinha na mão. Pode explodir e nessa altura pode projectar” pedaços do cigarro electrónico.

Um relatório da Federal Emergency Management Agency mostra que entre 2009 e 2016 registaram-se 196 explosões de cigarros eletrónicos. No entanto, apesar de 29% das vítimas terem ficado feridas com gravidade, ninguém morreu. O mesmo documento revela que a maioria das explosões ocorreu quando os dispositivos estavam no “bolso ou a serem activamente utilizados”.

Fonte: NM / EB

PUBLICIDADE
voltar ao topo

o tempo

Hoje

14°C

Amanhã

Depois

Hoje

21°C

Amanhã

Depois

Hoje

23°C

Amanhã

Depois

Hoje

19°C

Amanhã

Depois

Hoje

15°C

Amanhã

Depois

Hoje

13°C

Amanhã

Depois

Hoje

15°C

Amanhã

Depois

Hoje

16°C

Amanhã

Depois

Hoje

14°C

Amanhã

Depois

Hoje

22°C

Amanhã

Depois

Hoje

11°C

Amanhã

Depois

Hoje

19°C

Amanhã

Depois

Hoje

14°C

Amanhã

Depois

Hoje

15°C

Amanhã

Depois

Hoje

16°C

Amanhã

Depois

Hoje

15°C

Amanhã

Depois

Hoje

15°C

Amanhã

Depois

Hoje

24°C

Amanhã

Depois

Hoje

16°C

Amanhã

Depois

Hoje

18°C

Amanhã

Depois

Hoje

24°C

Amanhã

Depois

Hoje

22°C

Amanhã

Depois

Hoje

19°C

Amanhã

Depois