Internacional

Rússia criará campo de radar sólido para proteção contra mísseis de cruzeiro

dd

As fronteiras da Rússia ficarão totalmente cobertas por um sistema de radares que permite registrar em tempo hábil o lançamento de mísseis de cruzeiro, voos de aviões de combate e outros alvos aerodinâmicos.
O país possui atualmente um sistema de alerta de ataque de mísseis que cobre todo o território, informou o Ministério da Defesa russo.


O sistema inclui radares do tipo Voronezh, que permitem rastrear lançamentos de mísseis balísticos.
O novo sistema de radar, como observado no departamento militar, será semelhante ao atual. Consistirá em estações de radar além do horizonte do tipo Konteiner, a primeira das quais entrou em funcionamento no domingo (1º), que são capazes de detectar alvos aéreos a uma distância de 2.000 quilômetros. A próxima estação deste tipo cobrirá o Ártico.

Detecção de alvos

Anteriormente, o designer-chefe do Konteiner, Mikhail Petrov, disse que o novo radar pode detectar aviões furtivos a uma distância de até três mil quilômetros.

etrov acrescentou que uma das tarefas mais difíceis do equipamento, ao processar o sinal, é a identificação de alvos como bombardeiros, mísseis de cruzeiro, aviação de convés, contra o fundo da superfície terrestre e as interferências.
Os radares além do horizonte, conhecidos como OTHR (Over The Horizon Radar), são capazes de detetar alvos para além do horizonte graças às ondas que são refletidas na ionosfera.
A nova estação de radar esteve em serviço experimental desde 1º de dezembro de 2018.

Fonte.Sputnik/EG

PUBLICIDADE
voltar ao topo

o tempo