Internacional

Nações Unidas lembram "os mais vulneráveis" na luta contra a Covid-19

dd

O secretário-geral das Nações Unidas diz que "o mundo vive uma situação de guerra com o coronavírus e que é preciso uma economia de guerra" para lidar com a pandemia

António Guterres pede uma resposta global, clara e coordenada para eliminar o vírus e garantir que as pessoas e as empresas que precisam sobreviver vão ser ajudadas por uma mobilização mundial e pelos fundos que a atual situação exige.

A Organização das Nações Unidas lançou, esta quarta-feira, um apelo aos Estados-membros para que consigam juntar cerca de 1,8 mil milhões de euros. O objetivo é esponder com exatidão a situações nos países mais vulneráveis do mundo. Colocar no terreno um plano de resposta humanitária nas situações mais problemáticas como as áreas de conflito, os estados frágeis e campos de refugiados e que consiga dar resposta às necessidades do pessoal de saúde.

Fonte: Euronews/BA

PUBLICIDADE
voltar ao topo

o tempo