Internacional

Guterres diz que guerra com Coreia do Norte é “evitável"

dd

António Guterres, novo SG da ONU

Foto / Rádio ONU

António Guterres, novo SG da ONU

Foto / Rádio ONU

Na sua primeira conferência de imprensa de 2018, o secretário-geral da ONU, António Guterres, respondeu a questões sobre o Irão, o conflito israelo-palestiniano, Coreia do Norte, liberdade de imprensa e Donald Trump.

"Acredito que a guerra [com a Coreia do Norte] é evitável. Ainda não tenho a certeza de que a paz é garantida", disse o secretário-geral.

António Guterres, que falava com os jornalistas depois de apresentar as suas prioridades para 2018 na Assembleia Geral, mostrou-se solidário com os desafios colocados à liberdade de imprensa em todo o mundo.
"Num tempo de repressões preocupantes da independência dos 'media', vou continuar a defender a liberdade e segurança dos jornalistas, em público e através de compromissos diplomáticos", garantiu Guterres.

O ex-primeiro-ministro português foi questionado sobre recentes declarações de Donald Trump acerca de alguns países africanos, El  Salvador e o Haiti, considerando-os "países de merda" e perguntando porque os EUA deviam aceitar os seus imigrantes.

O jornalista perguntou se Guterres se juntava aos embaixadores africanos que exigem uma retração do Presidente dos EUA, mas o secretário-geral respondeu dizendo apenas que Trump tinha negado tal declaração.

Ainda sobre os EUA, Guterres disse estar "muito preocupado" com o fim do financiamento do país à Agência das Nações Unidas de Assistência aos Refugiados da Palestina, anunciado esta terça-feira, explicando que a organização "presta serviços fundamentais" e é importante para a estabilidade da região.

Quanto ao conflito israelo-palestiniano, o secretário-geral disse que entende "o sofrimento, dilema e frustração dos palestinianos" e acrescentou que a "ONU continua comprometida com uma solução de dois Estados" e que se "opõe a qualquer ação unilateral que o inviabilize".

Guterres foi também questionado sobre os protestos no Irão, que já causaram a morte de mais de 20 pessoas e a detenção de mais de 4 mil cidadãos.

"Preocupo-me com o direito das pessoas do Irão se manifestarem. É uma parte essencial dos seus direitos básicos", disse.

António Guterres apresentou hoje na Assembleia Geral as suas 12 prioridades para o ano de 2018, dizendo que é necessária "mais unidade e coragem" para ultrapassar os grandes desafios mundiais.

"Precisamos de mais unidade e coragem para enfrentar os mais urgentes testes de hoje, acalmar os medos das pessoas que servimos, e colocar o mundo no caminho de um futuro melhor", disse Guterres aos Estados membros.

Fonte: Notícias ao Minuto/AF

PUBLICIDADE
voltar ao topo

o tempo

Hoje

13°C

Amanhã

Depois

Hoje

23°C

Amanhã

Depois

Hoje

23°C

Amanhã

Depois

Hoje

17°C

Amanhã

Depois

Hoje

15°C

Amanhã

Depois

Hoje

12°C

Amanhã

Depois

Hoje

15°C

Amanhã

Depois

Hoje

12°C

Amanhã

Depois

Hoje

12°C

Amanhã

Depois

Hoje

23°C

Amanhã

Depois

Hoje

12°C

Amanhã

Depois

Hoje

21°C

Amanhã

Depois

Hoje

13°C

Amanhã

Depois

Hoje

17°C

Amanhã

Depois

Hoje

16°C

Amanhã

Depois

Hoje

14°C

Amanhã

Depois

Hoje

18°C

Amanhã

Depois

Hoje

23°C

Amanhã

Depois

Hoje

14°C

Amanhã

Depois

Hoje

17°C

Amanhã

Depois

Hoje

23°C

Amanhã

Depois

Hoje

22°C

Amanhã

Depois

Hoje

19°C

Amanhã

Depois