Internacional

Governo enfrenta oposição em torno do acordo com a Eritreia

dd

A decisão do governo etíope de resolver uma disputa fronteiriça com a Eritréia enfrenta a oposição de habitantes da cidade de Badme, o epicentro de um diferendo que causou a morte de milhares de pessoas.

Por sua vez, vários actores políticos internos, incluindo membros da Frente de Libertação Popular Tigray (TPLF), partido integrante da coligação Frente Democrática Revolucionária do Povo Etíope (Eprdf), manifestaram-se contra este movimento.

O comité executivo do Eprdf anunciou que aceitaria o Acordo de Argel, de Dezembro de 2000, assinado para restabelecer a paz entre Asmara e Addis Ababa, no qual se estabelece que Badme pertence ao país vizinho. Segundo o jornal The Ethiopian Herald, o enclave de 15 mil habitantes não aceita a decisão, que implica transformá-los em eritreus.

A indignação local contrasta com os aplausos internacionais que o primeiro-ministro Abiy Ahmed obteve pelo seu interesse em desactivar um dos mais difíceis diferendos diplomáticos na região do corno de África. Os moradores argumentaram igualmente que não foram consultados pelas autoridades antes de tornar pública uma disposição que iria afectar o seu status.

Entretanto, na semana passada, tiveram lugar protestos no distrito de Irob, em Tigray (nordeste da Etiópia), onde os cidadãos afirmavam que a decisão tomada ia separar as comunidades e ameaçaria a sobrevivência de grupos étnicos.

Os irobs, correspondem a cerca de 30 mil que se dedicam principalmente à agricultura e a pecuária, falam Saho, um dialecto cusiti, assim como somali, oromo e afar e tigrigna semita. As manifestações em Tigray poderiam representar, na opinião dos especialistas, o primeiro desafio real para a nova administração de Ahmed, membro da etnia oromo, a maior da Etiópia.

"A TPLF não participará em nenhum processo que prejudique os interesses da sua população", precisou em comunicado a direcção da formação política, exigindo que qualquer retirada seja vinculada a concessões adicionais da parte da Eritreia.


Fonte:Angop/MP

PUBLICIDADE
voltar ao topo

o tempo

Hoje

29°C

Amanhã

Depois

Hoje

22°C

Amanhã

Depois

Hoje

24°C

Amanhã

Depois

Hoje

20°C

Amanhã

Depois

Hoje

24°C

Amanhã

Depois

Hoje

22°C

Amanhã

Depois

Hoje

24°C

Amanhã

Depois

Hoje

24°C

Amanhã

Depois

Hoje

26°C

Amanhã

Depois

Hoje

23°C

Amanhã

Depois

Hoje

21°C

Amanhã

Depois

Hoje

24°C

Amanhã

Depois

Hoje

23°C

Amanhã

Depois

Hoje

25°C

Amanhã

Depois

Hoje

24°C

Amanhã

Depois

Hoje

23°C

Amanhã

Depois

Hoje

19°C

Amanhã

Depois

Hoje

24°C

Amanhã

Depois

Hoje

27°C

Amanhã

Depois

Hoje

24°C

Amanhã

Depois

Hoje

24°C

Amanhã

Depois

Hoje

23°C

Amanhã

Depois

Hoje

24°C

Amanhã

Depois