Internacional

Estudante indiano cria “sapato de choque” que permite às mulheres eletrocutar abusadores

dd

O abuso sexual é um problema em ascensão no mundo, especialmente na Índia. Embora as autoridades do país tenham afirmado levar a sério a questão, todos os dias são relatados crimes contra as mulheres.

Sabendo disso, Siddharth Mandala, um estudante de apenas 18 anos, de Telengana, Índia, decidiu tomar uma medida mais proativa em relação ao problema. Ele criou um calçado feminino que promete ajudar as mulheres a lutar contra seus agressores.

Após testemunhar casos perturbadores de violência contra mulheres, além de participar ao lado da mãe de muitos protestos, Mandala percebeu que precisava tomar uma atitude. Foi então que ele criou o que chamou de “ElectroShoe“, um tipo único de calçado contra estupradores. O sapato é capaz de eletrocutar agressores infligindo uma carga de 0,1 Ampère de eletricidade, além de alertar policiais e familiares de que a vítima está em perigo.

Como acioná-lo? Tudo o que a mulher precisa fazer é chutar o agressor.

“Eu inventei um dispositivo pendente de patente chamado ElectroShoe”, disse ele à Better India. “Para fazer isso, criei uma placa de circuito única que usa os passos para carregar, com a ajuda de um conceito chamado “efeito piezoelétrico”, que aprendi na aula de Física. Quanto mais o usuário caminha, mais energia é gerada e armazenada em uma bateria recarregável”.

Apesar de não ter uma educação superior em tecnologia ou ciência, Mandala tentou desenvolver o sapato por conta própria. No entanto, depois de sofrer vários choques na tentativa, percebeu que precisava da ajuda de profissionais.

Ele procurou programadores e engenheiros, tanto na internet quanto na Índia, para obter a resposta que precisava. Então, após 17 protótipos fracassados, ele finalmente conseguiu uma versão viável.

Ao experimentar, enfrentei eletrocussão duas vezes, e meu amigo Abhishek até desenvolveu uma hemorragia nasal“, disse o jovem. “Mas, sempre que eu sentia vontade de desistir, lembrava-me das palavras de meu inventor favorito, Thomas Edison: ‘Eu não errei mil vezes, eu só aprendi mil formas de como não se fazer uma lâmpada’”.

O ElectroShoe ainda está em estágio de desenvolvimento e, portanto, não está disponível para compra. Mandala ainda precisa corrigir algumas imperfeições e criar estilos variados de sapatos. Porém, ele planeja conseguir uma patente e começar a vender o produto em breve. 

Além de a criação ser muito útil às mulheres, o jovem ainda conseguiu descobrir o que quer ser no futuro. Seu objetivo é ingressar na carreira de ciência e tecnologia a fim de continuar criando produtos inovadores para a prevenção do crime. Atualmente, ele trabalha como ativista em sua própria ONG, que criou para ajudar a difundir a conscientização sobre os crimes sexuais na Índia.

Fonte: Jornal Ciência/BA

 

 

 

PUBLICIDADE
voltar ao topo

o tempo

Hoje

18°C

Amanhã

Depois

Hoje

23°C

Amanhã

Depois

Hoje

24°C

Amanhã

Depois

Hoje

20°C

Amanhã

Depois

Hoje

18°C

Amanhã

Depois

Hoje

16°C

Amanhã

Depois

Hoje

18°C

Amanhã

Depois

Hoje

17°C

Amanhã

Depois

Hoje

17°C

Amanhã

Depois

Hoje

25°C

Amanhã

Depois

Hoje

15°C

Amanhã

Depois

Hoje

20°C

Amanhã

Depois

Hoje

16°C

Amanhã

Depois

Hoje

20°C

Amanhã

Depois

Hoje

19°C

Amanhã

Depois

Hoje

17°C

Amanhã

Depois

Hoje

21°C

Amanhã

Depois

Hoje

24°C

Amanhã

Depois

Hoje

21°C

Amanhã

Depois

Hoje

19°C

Amanhã

Depois

Hoje

25°C

Amanhã

Depois

Hoje

25°C

Amanhã

Depois

Hoje

20°C

Amanhã

Depois