Internacional

Duterte recusa submeter contas bancárias ao escrutínio público

dd

Se quer "obter provas, não vão sair da minha boca. Deve ser estúpido.... Por que razão lhe daria esse prazer?", afirmou Duterte, em conferência de imprensa.

Duterte referia-se ao senador Antonio Trillanes, um dos políticos mais críticos das Filipinas, que o acusou, no início deste ano, de possuir 2.400 milhões de pesos (48 milhões de euros) em contas não declaradas e exigiu-lhe, por isso, que tornasse público o seu historial bancário.

O Presidente filipino rejeitara já as afirmações de Trillantes e até prometeu demitir-se caso fossem apresentadas provas.

"Se Trillanes provar a acusação de que acumulei ilegalmente dois mil milhões de pesos (45 milhões de euros) ou se na minha conta bancária constar apenas um depósito de 500 milhões de pesos (9,3 milhões de euros) apresento a demissão imediatamente", afirmou na altura.

Fonte: NM/BA

PUBLICIDADE
voltar ao topo

o tempo

Hoje

24°C

Amanhã

Depois

Hoje

22°C

Amanhã

Depois

Hoje

25°C

Amanhã

Depois

Hoje

20°C

Amanhã

Depois

Hoje

23°C

Amanhã

Depois

Hoje

21°C

Amanhã

Depois

Hoje

21°C

Amanhã

Depois

Hoje

21°C

Amanhã

Depois

Hoje

19°C

Amanhã

Depois

Hoje

24°C

Amanhã

Depois

Hoje

19°C

Amanhã

Depois

Hoje

22°C

Amanhã

Depois

Hoje

20°C

Amanhã

Depois

Hoje

22°C

Amanhã

Depois

Hoje

22°C

Amanhã

Depois

Hoje

21°C

Amanhã

Depois

Hoje

19°C

Amanhã

Depois

Hoje

24°C

Amanhã

Depois

Hoje

26°C

Amanhã

Depois

Hoje

22°C

Amanhã

Depois

Hoje

25°C

Amanhã

Depois

Hoje

23°C

Amanhã

Depois

Hoje

22°C

Amanhã

Depois