Internacional

Co-piloto foi parcialmente sugado por janela que se partiu no cockpit

dd

O co-piloto de um avião da companhia aérea chinesa Sichuan Airlines foi parcialmente sugado depois da janela do cockpit ter partido, diz a CNN. A informação anteriormente avançada indicava que a janela tinha apenas rachado, mas a imprensa refere agora que o vidro partiu completamente.

O aparelho levava oito minutos de voo, esta segunda-feira, quando se deu o incidente e foi obrigado a aterrar de emergência, graças à rapidez dos assistentes de bordo e à perícia do piloto, que conseguiu manobrar o avião e aterrar em segurança.

Foi reportado que o copiloto havia sofrido ferimentos no rosto, o que se confirma, acrescendo ainda outras escoriações e uma distensão no pulso.

A Administração de Aviação Civil da China já havia confirmado que se tratava de um modelo Airbus A318, que se deslocava desde Chongqing, no centro da China, para a capital do Tibete, Lhasa, no sudoeste, e que aterrou a meio da viagem, na cidade de Chengdu.

Apesar do incidente, os 119 passageiros do voo saíram ilesos, e apenas um outro membro da tripulação sofreu ferimentos ligeiros, durante a aterragem.

Fonte: N. Minutos/LD

PUBLICIDADE
voltar ao topo

o tempo