Economia

Viaduto do Kilamba inaugurado esta sexta-feira

dd

O Presidente da República José Eduardo dos Santos inaugura esta sexta-feira, as obras da boavista, e em acto simultâneo, será aberto os viaduto do Kilamba e do Zango, para o tráfego.

O Ministério da Construção inaugura três grandes obras que irão proporcionar uma melhoria consistente no sistema viário de circulação de toda a capital.

Na sequência do seu programa de entrega de obras, o Ministério da Construção inaugura, amanhã, o Nó do Kilamba, o Nó do Zango e as novas infra-estruturas da Zona da Boavista. As obras estão inseridas no Programa de Intervenções Viárias dos Acessos ao Novo Aeroporto Internacional de Luanda (NAIL).

Essas intervenções irão permitir uma melhoria significativa na integração dos eixos viários estruturantes, viabilizando não só o acesso ao NAIL, de maneira rápida e segura para os utentes, como também proporcionando uma melhoria consistente no sistema viário de circulação de toda a cidade.

A construção dos Nós de acesso ao Zango e de acesso ao Kilamba tiveram duração de 06 meses e geraram 756 empregos directos e 1562 empregos indirectos. As interseções da Via Expressa com os acessos para o Zango e Kilamba resolverão problemas crónicos de circulação dessas centralidades, reduzindo em pelo menos uma hora, o tempo de deslocação no trajecto casa-trabalho e trabalho-casa para milhares de pessoas que habitam naquela região ou que para lá se deslocam.

Já na região Norte da capital, a rotunda da Boa Vista recebeu um elevado que vai diminuir consideravelmente os constrangimentos viários da região, interligando vias importantes, cuja reestruturação também será entregue e que fazem parte de outros pacotes de obras do MINCONS, como por exemplo as intervenções nas vias N’Dunduma, Major Kaiangulo, Luegi Anconda, Kima Kienda, Av. 12 de Julho, entre outras.

Para além disso, será inaugurada a complementação do Binário da Kima Kienda, no trecho que liga a Estrada do Cacuaco ao Porto de Luanda, a contemplar os importantes acessos aos Terminais SOPORTOS, SONILS, SOGESTER e demais terminais do Porto. Além das estradas de acesso, para viabilizar o funcionamento do sistema binário, foi construída a Nova Ponte sobre o Rio Soroca.

A obra na Boavista criou 1.118 empregos directos e 2.079 indirectos e teve a duração de 06 meses. O conjunto dessas intervenções proporcionará a integração definitiva desta região, como um todo e aumentará significativamente a segurança e eficiência operacional do Porto de Luanda.

A execução destas três grandes obras que estão a ser inauguradas, é parte integrante de um conjunto de intervenções que vem sendo executado ao longo dos últimos anos pelo Governo de Angola, através do Ministério da Construção, e possui um papel de relevância no desenvolvimento social e económico da cidade, representando um elemento catalizador no sistema viário da província de Luanda.

Fonte: Kilamba News/LD

PUBLICIDADE
voltar ao topo

o tempo