Economia

Standard Bank coloca obrigações na BODIVA

dd

O Standard Bank de Angola ( SBA) colocou ontem uma emissão de obrigações corporativas na Bolsa da Dívida e Valores de Angola (BODIVA), avaliada em 4,7 mil milhões de kwanzas (15 milhões de dólares), a primeira de títulos privados na praça angolana.

A colocação, realizada num acto em que participou o ministro das Finanças, Archer Mangueira, constitui uma primeira tranche  do Programa de Emissão de Obrigações do SBA, cifrado em 9,5 mil milhões de kwanzas e aprovado este ano pela Comissão do Mercado de Capitais.
Os títulos têm uma maturidade de três anos, com vencimento de 2021, a juros de 17 por cento ao ano, de acordo com dados obtidos no acto de lançamento, pelo Jornal de Angola.
O ministro das Finanças declarou a “confiança” do Governo nesta operação do Standard Bank Angola, que se converteu na primeira entidade privada a listar obrigações no mercado de Bolsa.
“Neste momento histórico para o nosso sector financeiro, importa realçar que, ao listar as obrigações em mercado de Bolsa e ao fazê-lo num ambiente marcado por fraca liquidez e adiamento das decisões de investimento em activos denominados em moeda nacional, o Standard Bank Angola reafirma o seu compromisso de longo prazo com a economia e os agentes económicos nacionais”, declarou o ministro.
O SBA considera que a emissão foi bem recebida pelos investidores, de acordo com o presidente da Comissão Executiva do banco, Luís Telles, e que o mercado angolano continua a manter níveis de liquidez atractivos.
O lançamento das obrigações foi realizado no mercado secundário, que permite os agentes económicos negociarem entre si. “Tivemos uma primeira transacção no mercado secundário e esperamos que, de agora em diante, haja mais investidores que se queiram juntar a este mercado”, frisou Luís Telles.
O líder do SBA garantiu ainda que a instituição financeira vai continuar a contribuir para o aumento da oferta e variedades de instrumentos de financiamento no mercado angolano.
Para o presidente da Comissão Executiva da BODIVA, Patrício Pilar, a colocação do SBA vai incentivar os empresários a olharem para a Bolsa de Valores como uma fonte de financiamento e uma plataforma onde se pode financiar.
O Standard Bank de Angola é detido em 51 por cento pelo Standard Group  Limited  e tem actualmente 18 agências no país, com 26,700 clientes.

Fonte: JA/BA

PUBLICIDADE
voltar ao topo

o tempo