Economia

Sodiam arrecada USD 27, 85 milhões com 2º leilão de diamantes

dd

Pelo menos 27, 85milhões de dólares norte-americanos foram arrecadados pela Sodiam, resultado da realização do segundo leilão de cinco pedras de diamantes brutos de grande quilate.

A Empresa Nacional de Comercialização de Diamantes de Angola (Sodiam) anunciou que o leilão, no qual participaram 29 empresas de cinco países, foi vencido pelas companhias internacionais Venus Jewell e Da Trading.

O leilão que encerrou na sexta-feira incluía a oferta de quatro lotes da Sociedade Mineira do Catoca constituídos por dois de composição run-of-mine com 127 quilates cada, um formado por sete pedras especiais com um peso total de 210,66 quilates e quarto por duas pedras de 110,12 quilates.

O lote com origem na mina do Cuango era formado por uma única pedra especial de 183,55 quilates.

O modelo escolhido para a sua realização foi o de um “leilão por concurso” – normalmente designado por “Tender”, no qual as empresas participantes apresentaram as suas licitações em modelo fechado, por permitir obter maior valor para as pedras em leilão.

As licitações foram feitas on-line, numa plataforma electrónica criada e desenvolvida pela Sodiam para o efeito (www.sodiamsales.com), na qual as empresas participantes se registaram previamente.

A propósito deste segundo leilão, o presidente da Sodiam Eugénio Bravo da Rosa, afirmou que “foi concretizado com sucesso mais um leilão de diamantes brutos em Angola, organizado pela Sodiam EP, em estreita articulação com o Ministério dos Recursos Minerais e Petróleos, e as empresas produtoras”, disse. “O leilão contribui de forma transparente, moderna e competitiva para a receita fiscal do sector para o Estado angolano e maior reafirmação de Angola como um importante player na indústria diamantífera mundial”, sublinhou o responsável.

Por outro lado, o ministro dos Recursos Minerais e Petróleos, Diamantino Azevedo, mostrou-se congratulado com os resultados e felicitou as empresas vencedoras e encorajou-as a continuarem a trabalhar em prol do sector.

Recorde-se que este 1º Leilão de Diamantes Brutos em Angola foi apresentado publicamente em Luanda no dia 28 de Janeiro, pelo ministro dos Recursos Naturais e Petróleos, numa cerimónia organizada pela Sodiam.

Sobre a Sodiam

A Sodiam E.P. é o órgão público responsável por todo o processo de comercialização (compra, venda, importação e exportação) dos diamantes em Angola. Acumula esta função com a tarefa da aquisição pública de minerais estratégicos à luz da Política de Comercialização de Diamantes.

Fonte: Angop/LD

PUBLICIDADE
voltar ao topo

o tempo