Economia

Secretário do Estado defende conteúdos publicitários em línguas nacionais

dd

SECRETÁRIO DE ESTADO DA COMUNICAÇÃO, CELSO MALAVOLONEKE

Foto: Kinda Kyungu (Angop)

SECRETÁRIO DE ESTADO DA COMUNICAÇÃO, CELSO MALAVOLONEKE

Foto: Kinda Kyungu (Angop)

O secretário do Estado da Comunicação Social, Celso Malavoloneke, defendeu hoje, no Luena, província do Moxico, a produção de conteúdos publicitários em línguas nacionais para promover a actividade agrícola no país.

Ao dissertar o tema “O desafio da comunicação na promoção da agricultura como sector chave no processo da diversificação da economia”, no I Conselho Consultivo Alargado do Ministério da Agricultura e Florestas, o governante considerou que ao publicitar conteúdos em línguas nacionais, irá desenvolver a comunicação entre o ministério e os agricultores.

No entender de Celso Malavoloneke, como a maioria dos agricultores falam línguas nacionais, os conteúdos informativos do ministério também devem ser nestes idiomas, para uma melhor fluidez da informação e formação.

Lembrou que a ideia vai galvanizar a intenção do executivo, que através do Ministério da Agricultura e Florestas, pretende potencializar a agricultura mediante a implementação de programas palpáveis e com ajuda do empresariado, com realce para a banca.

O também Jornalista e Técnico de Pecuária na especialidade de Extensão Rural manifestou a importância de valorizar a agricultura rural, com meios e técnicas, por ser considerada a mais produtiva do país, atingindo uma cifra 70 por centos por ano.

Defendeu por outro lado, trabalho conjunto entre os órgãos de comunicação social estatal com o gabinete de comunicação e imprensa do Ministério da Agricultura e Florestas, no que concerne à divulgação das acções dos agricultores a nível do país.

Ao dissertar o tema “Desafios e oportunidades do sector agrário na província do Moxico”, o governador do Moxico, Gonçalves Muandumba, afirmou que a actividade agrícola na província precisa de ser potencializada com o aumento de quadros, estruturação de sistemas de produção, maiores investimentos, políticas de incentivos e aumento do programa de distribuição de insumos agrícolas.

Fez saber que a província do Moxico possui muitos recursos hídricos e grandes extensões de terras aráveis propícias para o cultivo de arroz, batata, inhame, feijão, milho, massango, massambala, amendoim, soja, girassol, cogumelos,  entre outros produtos.

“O grande desafio é gostar dos desafios”, frisou Gonçalves Muandumba, convidando empresários nacionais e estrangeiros a investir na região, sobretudo na agricultura, pelas potencialidades hídricas e de terras aráveis existentes, assim como nas áreas da cultura e do turismo.

Promovido sob lema “O desenvolvimento da agricultura como a base da diversificação económica no país”, o I Conselho Consultivo Alargado do Ministério da Agricultura e Florestas, com duração de dois dias, reserva ainda os temas “Programa de fomento da produção agrícola”, “Informação sobre as actividades do sector nas províncias” e “Apresentação do plano de desenvolvimento a médio prazo do sector agrário e dos seus programas”.

Estado de preparação da campanha agrícola 2018/2019, programa de fomento da produção pecuária, exploração e gestão sustentável dos recursos florestais e o processo de reestruturação do sistema de investigação agrária, constam igualmente na agenda do encontro que está ser orientado pelo titular da pasta, Marcos Alexandre Nhunga.

Participam no evento técnicos do Ministério da Agricultura das 18 províncias do país, além de académicos, autoridades tradicionais e convidados.

Fonte: Angop/AF

PUBLICIDADE
voltar ao topo

o tempo

Hoje

36°C

Amanhã

Depois

Hoje

23°C

Amanhã

Depois

Hoje

26°C

Amanhã

Depois

Hoje

27°C

Amanhã

Depois

Hoje

32°C

Amanhã

Depois

Hoje

29°C

Amanhã

Depois

Hoje

33°C

Amanhã

Depois

Hoje

29°C

Amanhã

Depois

Hoje

22°C

Amanhã

Depois

Hoje

24°C

Amanhã

Depois

Hoje

30°C

Amanhã

Depois

Hoje

31°C

Amanhã

Depois

Hoje

30°C

Amanhã

Depois

Hoje

33°C

Amanhã

Depois

Hoje

26°C

Amanhã

Depois

Hoje

32°C

Amanhã

Depois

Hoje

22°C

Amanhã

Depois

Hoje

25°C

Amanhã

Depois

Hoje

38°C

Amanhã

Depois

Hoje

31°C

Amanhã

Depois

Hoje

26°C

Amanhã

Depois

Hoje

24°C

Amanhã

Depois

Hoje

27°C

Amanhã

Depois