Economia

Reservas líquidas mantêm equilíbrio

dd

As Reservas Internacionais Líquidas (RIL) mantêm, até ao momento, um perfil de equilíbrio, conforme observado nos últimos três meses, apesar do contexto de crise internacional provocado pela pandemia da Covid-19.

Este comportamento da política monetária do BNA é demonstrativo do compromisso e rigor manifestados sucessivas vezes pela autoridade bancária, que esta semana (em princípio sexta-feira, 24) analisa a evolução dos vários indicadores na reunião do Comité de Política Monetária.

De acordo com os dados do Banco Nacional de Angola, as Reservas Internacionais Brutas situaram-se em Usd 15,35 mil milhões até ao final da primeira metade deste mês, contra Usd 15,57 mil milhões em Junho.

De notar, que a mesma tendência foi, igualmente, observada em Maio, tendo o stock das Reservas Internacionais Brutas ficado em 16,24 mil milhões dólares. No mês de Abril a RIB apurada foi de 16,41 mil milhões.

Por sua vez, as Reservas Internacionais Líquidas (RIL) fixaram-se em 10,09 mil milhões de dólares no final do mês de Março, o que representa uma redução de mais de 40 milhões face ao final do mês de Junho. No mês de Maio, as RIL situaram-se em 10,22 mil milhões de dólares.

No início do ano (em Janeiro), o BNA controlava 16,83 mil milhões de dólares em Reservas Internacionais Bruta e 11,33 mil milhões em Reservas Líquidas.
No final do I Trimestre, as Reservas Internacionais Brutas situaram-se em 16,40 mil milhões de dólares.

Leilões

Na semana de 10 a 16 de Julho, o BNA pôs à disposição dos bancos, no mercado cambial, divisas no valor de 50 milhões de dólares.
Os 20 bancos que participaram do leilão absorveram 41,66 milhões. A taxa mínima foi de 563,100 kwanzas por dólar, enquanto a máxima fixou-se nos 576,088.

Estes indicadores reflectem uma média ponderada de 573,133 kwanzas por cada dólar vendido no circuito formal do mercado cambial angolano.
Fortemente apoiada pela opção de importar menos do Governo, as reservas do Banco Nacional de Angola poderão no presente trimestre (Julho a Setembro) ser beneficiadas com a retoma do preço de equilíbrio do petróleo, principal produto de exportação.

Não menos importante é também considerar o surgimento de novos produtos de exportação, casos da banana de mesa e uma boa perspectiva com o café entre os produtos agrícolas de reconhecida procura.

JA


PUBLICIDADE
voltar ao topo

o tempo