Economia

Primeiro dia da FILDA marcado pela adesão em massa

dd

FILDA2018 arrancou com muita adesão

Foto: Geoveth Bica

FILDA2018 arrancou com muita adesão

Foto: Geoveth Bica

Milhares de cidadãos nacionais e estrangeiros acorreram nesta terça-feira ao recinto da Zona Económica Especial (ZEE), onde decorre a 34ª edição da Feira Internacional de Luanda (FILDA/2018).

Neste primeiro dia, a agitação foi frenética, pois muitos foram a procura de emprego temporário, outros em busca de serviços e parceiros na feira que conta com a participação de 372 expositores de 15 países.

Antes da abertura  oficial deste certame, centenas de cidadão, sem convites, presenciavam tudo do outro lado da vedação, mas com a esperança de terem acesso ao interior.

“Por favor  doutora  entra só comigo, por favor, preciso entrar, estou a procura de emprego”, disse uma  jovem  mulher, que  momentos depois  conseguiu  ter acesso ao recinto com o apoio de um dos participantes, que tinha um convite, além do credencial.

Alguns expositores, depois da cerimónia de abertura, presidida pelo ministro da Economia e Planeamento, Pedro Luís da Fonseca, consideram ser um sucesso, mesmo sendo apenas ainda o primeiro de exposição.

O administrador da Companhia de Alumínio de Angola- Extrulider, Tomás Neto, disse à Angop que ficou surpreendido com “moldura humana”,  considerando ser uma oportunidade para os expositores mostrarem os seus produtos,  fazer negócios e constituir parcerias.

Nesta edição há mais espaços e infra-estruturas técnicas, condições que não se verificou na edição de 2017, dada a exiguidade de espaço, por ter sido realizada na Baía de Luanda.

Os expositores estão engajados na divulgação das suas actividades, serviços e produtos, maioritariamente do sector industrial, comércio geral e serviços.

De acordo com o expositor sul-africano que expõe material de construção civil, Bernardo, Wagner, tais exposições demonstram os potenciais nacionais e internacionais, pois elevam o gosto pela produção e diversificação económica.

Já o Armando Gabriel, expositor português de material de aço, precisou ser preponderante o sector, daí a ser cada vez mais implementado.

Fonte: Angop/AF

PUBLICIDADE
voltar ao topo

o tempo

Hoje

23°C

Amanhã

Depois

Hoje

21°C

Amanhã

Depois

Hoje

24°C

Amanhã

Depois

Hoje

19°C

Amanhã

Depois

Hoje

20°C

Amanhã

Depois

Hoje

18°C

Amanhã

Depois

Hoje

22°C

Amanhã

Depois

Hoje

20°C

Amanhã

Depois

Hoje

19°C

Amanhã

Depois

Hoje

23°C

Amanhã

Depois

Hoje

16°C

Amanhã

Depois

Hoje

22°C

Amanhã

Depois

Hoje

21°C

Amanhã

Depois

Hoje

24°C

Amanhã

Depois

Hoje

22°C

Amanhã

Depois

Hoje

23°C

Amanhã

Depois

Hoje

19°C

Amanhã

Depois

Hoje

23°C

Amanhã

Depois

Hoje

26°C

Amanhã

Depois

Hoje

21°C

Amanhã

Depois

Hoje

24°C

Amanhã

Depois

Hoje

22°C

Amanhã

Depois

Hoje

21°C

Amanhã

Depois