Economia

Porto de Luanda regista frequência de dois navios/dia

dd

O Porto de Luanda registou, durante o primeiro trimestre deste ano, uma frequência de dois navios de longo curso/dia, vindos de diversos países do mundo, apresentando um decréscimo na ordem dos seis porcento relativamente ao período homólogo de 2016.

Em entrevista à Angop, via internet, a propósito do seu 72º aniversário que hoje se assinala, a empresa, através do seu gabinete de comunicação institucional e imprensa, salienta que, em função da crise a evolução mensal de tráfego de navios de longo curso, de Janeiro a Março, registou-se uma flutuação, contando com o maior número em Janeiro e uma quebra em Fevereiro, tendo ligeiramente subido em Março.

Quanto ao movimento de mercadorias, a direcção assinala ter registado um crescimento no primeiro trimestre de 2017 na ordem de quatro porcento comparativamente ao igual período de 2016.

De acordo com os dados chegados, em 2015 o Porto de Luanda registou 900 navios de longo curso, contra 732 em 2016. A variação entre os dois períodos foi de menos 168, perfazendo uma percentagem de menos 19 porcento.

Durante o exercício económico de 2015 foi registado a movimentação de 753 mil e 286 TEUS -Unidades de Medida de um Contentor de 20, contra 541 mil e 346, demonstrando uma redução de 28 porcento.

O tempo médio de extracção de mercadorias nos navios porta contentores é de 24 horas/48 horas, para os de carga geral é de 72 horas/120. Nos navios ro-ro 12/24 horas, dependendo respectivamente do volume de carga.

Relativamente aos desafios que se colocam a maior unidade portuária do país, a fonte acrescenta que a administração do Porto trabalha todos os dias para estar à altura dos desafios logísticos e portuários, assim como procurar melhores soluções para superar as dificuldades actuais fazem parte da agenda da administração do Porto de Luanda. As estratégias vão sendo definidas, no sentido de tornar a instituição menos custosa para as várias linhas de navegação.

Quanto à implantação da unidade fabril das Grandes Moagens de Angola (GMA), para a produção de trigo, a administração do Porto considera ser um grande contributo para o crescimento do negócio portuário, prevendo-se o aumento de trafego marítimo e a diversificação da economia de uma forma geral através da produção local de derivados de trigo.

O Porto de Luanda é a maior empresa portuária angolana, seguido pelo Porto do Lobito, sendo que 70 porcento do comércio exterior de Angola (petróleo não incluído) passa por esta unidade de negócios.

 Conta com quatro terminais: carga geral, contentores (SOGESTER), polivalente (Unicargas) e Sonangol serviços logísticos Integrados, aliança entre Sonangol e Intels) e 15 armazéns

O Porto de Luanda, fundado a 15 de Junho de 1945, conta com 440 trabalhadores, dos quais 345 são homens e 95 mulheres.

Fonte: ANGOP/BA

 

PUBLICIDADE
voltar ao topo

o tempo

Hoje

20°C

Amanhã

Depois

Hoje

20°C

Amanhã

Depois

Hoje

22°C

Amanhã

Depois

Hoje

22°C

Amanhã

Depois

Hoje

19°C

Amanhã

Depois

Hoje

17°C

Amanhã

Depois

Hoje

20°C

Amanhã

Depois

Hoje

16°C

Amanhã

Depois

Hoje

16°C

Amanhã

Depois

Hoje

20°C

Amanhã

Depois

Hoje

18°C

Amanhã

Depois

Hoje

24°C

Amanhã

Depois

Hoje

17°C

Amanhã

Depois

Hoje

20°C

Amanhã

Depois

Hoje

18°C

Amanhã

Depois

Hoje

19°C

Amanhã

Depois

Hoje

20°C

Amanhã

Depois

Hoje

22°C

Amanhã

Depois

Hoje

20°C

Amanhã

Depois

Hoje

22°C

Amanhã

Depois

Hoje

22°C

Amanhã

Depois

Hoje

22°C

Amanhã

Depois

Hoje

21°C

Amanhã

Depois