Economia

INE vai inquerir mais de 12 mil famílias sobre receitas e despesas

dd

Doze mil e 500 famílias constitui a amostra total do universo do Inquérito sobre Receitas, Despesas e Emprego em Angola (IDREA), que começa a ser feito em Fevereiro de 2018, numa iniciativa do Instituto Nacional de Estatística (INE).

O instrumento estatístico, que visa recolher dados que vão responder os indicadores do desenvolvimento sustentável e actualizar os índices de pobreza vigentes no país, assim como fornecer informações sobre o consumo das famílias e avaliar o sector do emprego em Angola, vai abranger as zonas rurais e urbanas das 18 províncias do país. Para a concretização deste inquérito, o INE começou nesta segunda-feira, em Luanda, a capacitar pelo menos cem técnicos recrutados nas províncias do Cuando Cubango, Cunza Sul, Bié, Namibe, Zaire e Luanda.

A acção formativa, que vai durar 30 dias, contempla a componente teórica e prática, na qual os inquiridores vão aperfeiçoar as técnicas a serem usadas junto das famílias. Em declarações à Angop, o coordenador técnico-adjunto do IDREA, Pio Lucas, explicou que além deste seminário de capacitação, o INE irá realizar em Janeiro de 2018, fora de Luanda, uma formação geral, com a participação dos agentes das 18 províncias do país.

Segundo o responsável, é necessário que os chefes dos agregados familiares recebam de bom agrado os inquiridores e prestem informações verdadeiras para que o inquérito corresponda com os reais problemas das famílias nas comunidades.  

Avançou que após a compilação dos dados a ser recolhidos, o INE vai divulgar publicamente a informação, que servirá de base para o Governo fazer correctamente a canalização dos recursos financeiros e traçar políticas públicas que garantem melhores condições de vida às populações.

"Trata-se de um inquérito que visa monitorar as condições de vida das pessoas. Com base nesta informação, o Estado estará em condições de ver onde estão as insuficiências e agir conforme o programa de governação", concluiu a fonte. De acordo com os dados do Recenseamento Geral da População e Habitação (Censo/2014), divulgados pelo INE, Angola possui actualmente 28 milhões, 359 mil e 634 habitantes. Deste número, 13 milhões, 408 mil e 218 correspondente a 47,3 porcento são homens e 14 milhões,196 mil e 206 correspondente a 52,7 porcento são mulheres.

A província de Luanda apresenta-se com maior número de habitantes, com sete milhões, 714 mil e 644, dos quais três milhões, 927 mil e 18  mulheres e três milhões, 787 mil  e 626  homens.

Fonte: Angop/MP

PUBLICIDADE
voltar ao topo

o tempo

Hoje

20°C

Amanhã

Depois

Hoje

24°C

Amanhã

Depois

Hoje

26°C

Amanhã

Depois

Hoje

20°C

Amanhã

Depois

Hoje

18°C

Amanhã

Depois

Hoje

17°C

Amanhã

Depois

Hoje

21°C

Amanhã

Depois

Hoje

16°C

Amanhã

Depois

Hoje

17°C

Amanhã

Depois

Hoje

26°C

Amanhã

Depois

Hoje

17°C

Amanhã

Depois

Hoje

20°C

Amanhã

Depois

Hoje

17°C

Amanhã

Depois

Hoje

23°C

Amanhã

Depois

Hoje

20°C

Amanhã

Depois

Hoje

20°C

Amanhã

Depois

Hoje

22°C

Amanhã

Depois

Hoje

26°C

Amanhã

Depois

Hoje

26°C

Amanhã

Depois

Hoje

19°C

Amanhã

Depois

Hoje

26°C

Amanhã

Depois

Hoje

25°C

Amanhã

Depois

Hoje

21°C

Amanhã

Depois