Economia

FILDA/2018: Ministro da Economia inaugura exposição

dd

A 34ª edição da Feira Internacional de Luanda (FILDA2018) foi inaugurada há instantes, na Zona Económica Especial (ZEE), pelo ministro da Economia e do Planeamento, Pedro Luís da Fonseca, que destacou o papel desta ?bolsa de negócios? no estabelecimento de parcerias e captação de investimentos.

Numa promoção do  Ministério da Economia em parceria com a empresa Eventos Arena, a feira conta com a participação de 372 expositores, 69 por cento dos quais são nacionais.

A 34ª edição, que conta com um aumento de 125 expositores em relação a 2017, tem a participação de empresas de Angola (país Anfitrião), África do Sul, Espanha, Estados Unidos da América, Gana, Holanda, Índia, Itália, Macau, Portugal, reino Unido, Rússia, Suécia, Turquia, Uruguai, Japão e Moçambique, que estão a expor numa área de aproximada de três hectares.

Rússia e o Gana são os estreantes, enquanto o Brasil, tradicional participante, é o grande ausente desta edição, que decorrerá sob lema “Diversificar a Economia, Desenvolver o Sector Privado".

Mantendo a tradição, Portugal continua a ser o maior expositor estrangeiro de sempre e desta vez vem com 25, contra 16 da 2017.

Na FILDA estão patentes produtos e serviços dos sectores do ambiente, energia e petróleos, agricultura, pecuária, bebidas, banca e seguros, comércio geral, construção, imobiliária, educação, formação e cultura, hotelaria e turismo, indústria transformadora e extractiva, logística e transportes, máquina e equipamentos, entre outras.

No discurso inaugural, o ministro salientou que o Executivo apostou no programa de substituição das importações e diversificação das exportações, para aumentar os rendimentos do país e pôr à disposição do mercado produtos que possam rivalizar com de outros países a preços competitivos.

Por esta razão, Pedro Luís da Fonseca salientou que a feira constitui um dos instrumentos que permitem atrair investimentos capazes de desenvolver o País de modo sustentável.

A cerimónia de abertura foi testemunhada pelo ministro das Finanças, Archer Mangueira, vice-governador de Luanda para área Económica, Júlio Bessa, membros do corpo diplomático acreditado em Angola e outros convidados.

Fonte: ANGOP/BA

PUBLICIDADE
voltar ao topo

o tempo

Hoje

15°C

Amanhã

Depois

Hoje

20°C

Amanhã

Depois

Hoje

22°C

Amanhã

Depois

Hoje

15°C

Amanhã

Depois

Hoje

13°C

Amanhã

Depois

Hoje

11°C

Amanhã

Depois

Hoje

14°C

Amanhã

Depois

Hoje

13°C

Amanhã

Depois

Hoje

11°C

Amanhã

Depois

Hoje

22°C

Amanhã

Depois

Hoje

10°C

Amanhã

Depois

Hoje

19°C

Amanhã

Depois

Hoje

11°C

Amanhã

Depois

Hoje

15°C

Amanhã

Depois

Hoje

17°C

Amanhã

Depois

Hoje

14°C

Amanhã

Depois

Hoje

18°C

Amanhã

Depois

Hoje

22°C

Amanhã

Depois

Hoje

18°C

Amanhã

Depois

Hoje

16°C

Amanhã

Depois

Hoje

23°C

Amanhã

Depois

Hoje

20°C

Amanhã

Depois

Hoje

18°C

Amanhã

Depois