Economia

Escassez de chuva compromete colheita no Soyo

dd

O sector da agricultura no município do Soyo reduziu a previsão de colheita da presente campanha agrícola de duas mil e 500 toneladas para 833 toneladas, devido à escassez de chuva registada nos meses de Outubro e Novembro de 2017.

De acordo com o responsável pela repartição municipal da agricultura, Pedro dos Santos, que falava hoje à Angop, devido à falta de chuvas, quantidades consideráveis de ginguba, milho, batata-doce e abóbora acabaram por estragar-se na região.

Apesar dos problemas verificados na primeira fase da campanha agrícola, os camponeses da região continuam empenhados e acreditam em dias melhores com o reinício das chuvas, desde o princípio deste ano.

Solicitou às entidades a disponibilização de tractores e meio de transporte, para facilitar o escoamento de produtos do campo para os centros comerciais.

O município do Soyo é potencialmente agrícola, sendo a ginguba, o milho, a banana, abóbora, a bata-doce e o feijão, os produtos mais cultivados.

Fonte: Angop/MP

PUBLICIDADE
voltar ao topo

o tempo

Hoje

18°C

Amanhã

Depois

Hoje

21°C

Amanhã

Depois

Hoje

23°C

Amanhã

Depois

Hoje

17°C

Amanhã

Depois

Hoje

18°C

Amanhã

Depois

Hoje

16°C

Amanhã

Depois

Hoje

17°C

Amanhã

Depois

Hoje

16°C

Amanhã

Depois

Hoje

16°C

Amanhã

Depois

Hoje

23°C

Amanhã

Depois

Hoje

16°C

Amanhã

Depois

Hoje

20°C

Amanhã

Depois

Hoje

15°C

Amanhã

Depois

Hoje

23°C

Amanhã

Depois

Hoje

20°C

Amanhã

Depois

Hoje

18°C

Amanhã

Depois

Hoje

18°C

Amanhã

Depois

Hoje

23°C

Amanhã

Depois

Hoje

20°C

Amanhã

Depois

Hoje

21°C

Amanhã

Depois

Hoje

23°C

Amanhã

Depois

Hoje

21°C

Amanhã

Depois

Hoje

20°C

Amanhã

Depois