Economia

Dubai acolhe 2º "roadshow" do sector mineiro angolano

dd

Angola apresenta potencialidades mineiras no Dubai

Foto: Henri Celso (Angop)

Angola apresenta potencialidades mineiras no Dubai

Foto: Henri Celso (Angop)

A cidade do Dubai acolhe nesta terça-feira o segundo roadshow (apresentação técnica) das concessões mineiras angolanas, objectos de concurso público para outorga de direitos mineiros (duas concessões diamantíferas, duas concessões de fosfatos e uma de ferro).

A iniciativa resulta da intenção de colocar em concurso cinco concessões mineiras, sendo duas de diamantes nas províncias angolanas da Lunda Norte (Camafuca-Camazambo), e Lunda Sul (Tchitengo), uma de ferro (Kassala Kitungo), na província do Cuanza Norte, e duas de fosfatos, nas províncias de Cabinda (Cácata), e Zaire (Lucunga).

Estudos feitos entre os anos 60 e 70, na região de Kassala Kitungo, Cuanza Norte, indicavam a existência de reservas de ferro estimadas em 600 milhões de toneladas.

Depois de Dubai, o próximo evento será em Beijing, no dia 16 de Setembro, seguindo-se Londres, enquanto o último roadshows será em Nova Iorque, no dia 30 de Setembro.

A primeira apresentação técnica das concessões mineiras foi feita a 27 de Agosto último.

Além do roadshow das concessões mineiras, a 03 de Setembro foi feita também  em Luanda, para o sub-sector de petróleo e gás, pela Agência Nacional de Petróleo e Gás (ANPG) apresentação das concessões mineiras petrolíferas das bacias de Benguela e Namibe.

De acordo com estudos preliminares feitos nestas duas bacias, o potencial destas duas áreas, divididos em 10 blocos, acumulam reservas de sete biliões de barris de petróleo.

Em relação ao sector petrolífero, pretende-se com esses concursos relançar os investimentos e aumentar a produção que ronda actualmente 1,4 milhões de barris/dia. No auge, Angola já chegou a produzir 1,8 milhões de barris/dia.

Fonte: Angop/AF

PUBLICIDADE
voltar ao topo

o tempo