Economia

Comércio apreende produtos maus conservados e com rótulos adulterados

dd

Foto: Vivaportal

Foto: Vivaportal

A Inspecção Geral do Comércio apreendeu, no decurso de uma micro operação, realizada no dia 01 deste mês, produtos da cesta básica, como feijão, óleo alimentar, chouriço, salsichas e sumos, por mau estado de conservação e apresentação comercial.

A apreensão foi feita na sequência de uma denúncia pública de diversos órgãos de comunicação social sobre a existência de diversos produtos expirados, mal conservados, com datas de validade adulteradas e comercializados em estabelecimentos de comércio informal, localizados na rua do Pombal, arredores do ex-mercado Roque Santeiro, no distrito urbano do Sambizanga.

Foram apreendidas duas mil e 600 embalagens de feijão tio Lucas, 77 caixas de óleo alimentar cozinheiro/tempero, sendo sete (07) caixas com rótulos adulterados, sumo Regal (2.460 caixas), chouriço e salsichas (quantidades não precisas), em mau estado de conservação e apresentação comercial.

Durante a operação, de acordo com uma nota do Ministério do Comércio distribuída à imprensa, foram inutilizados produtos com prazos vencidos, como óleo vegetal, tempero de alho em pó, batatas fritas, bolachas, massa alimentar, corn flakes (em quantidades mínimas).

Da operação, resultou também a detenção de quatro suspeitos de alteração dos rótulos e datas de validade de diversos produtos alimentares, encaminhados aos Serviços de Investigação Criminal (SIC) para o devido seguimento dos trâmites legais.

Fonte:  Angop/RM

PUBLICIDADE
voltar ao topo

o tempo