Cultura

Segundo festival literário Luso-Afro-Brasileiro na Casa da Cultura Brasil/Angola

dd

O segundo festival literário luso-afro-brasileiro acontece entre os dias 15 e 16 deste mês na Casa de Cultura Brasil-Angola, em Luanda, com a participação de escritores da comunidade.

Durante dois dias, os escritores vão abordar as alternativas da educação e publicações populares (livro de cordel e fanzines) tradição oral e cotação de histórias (leitura dramática /teatralização e musicalização) como gatilhos para despertar a leitura.

Os debates estarão concentrados na literatura infantil, com análise dos equívocos derivados da literacia, literatura ou notícias moralistas, o fascínio da ilustração técnica, tendências e equilíbrio entre texto e imagem e convergência etária e literatura infando juvenil: um género esquecido.

Em abordagem estarão temas sobre “O livro como ferramenta diálogo inter-geracional, a função central da leitura como pressuposto literário, o acervo bibliográfico mundial historicamente constituído como voz viva dos seus autores, tradição como moderação.

Debates sobre a importância do livro e tecnologia e a criação e uma rede de agentes culturais e recursos electrónicos literários na CPLP, tecnológica como aliada aos meios tradicionais de criação literária contemporânea -impactos e adaptações, assim como a abordagem do tema literatura e aproximação dos povos estarão também na ordem dos trabalhos.

Angola participará no evento com os escritores António Fonseca, José Luís Mendonça, Lopito Feijó, Domingas Monte, Ondjaki, Hélder Simbad, enquanto do Brasil vêm Mirna Queirós, Felipe Fortuna, Josélia Aguiar, Flávia Ampara.

Moçambique farse-á presente com o escritor Mabte Pedro e Portugal trará Maria João Cantinho, de Cabo Verde, Abraão Vicente.

Fonte: Angop/LD

PUBLICIDADE
voltar ao topo