Cultura

Prémio Ensa Arte 2020 incorpora a fotografia

dd

O Prémio Ensa Arte passa, a partir da XV edição, no próximo ano, a incorporar a modalidade de fotografia, por forma a prestigiar e dar maior visibilidade aos fotógrafos nacionais, anunciou, ontem, em Luanda, o presidente do Conselho Administrativo, da Seguradora Nacional, Carlos Duarte.
Ao falar à imprensa, no lançamento da XV edição do Prémio Ensa Arte 2020, Carlos Duarte afirmou que a empresa promotora do concurso dispõe dos maiores acervos da História da arte angolana, graças a qual os participantes têm acesso ao registo das várias manifestações da vida social, económica e política.
Na cerimónia, presenciada pelo secretário de Estado da Cultura para a Área Científica, Aguinal-do Cristóvão, e o director da Aliança Francesa de An-gola, Paul Barascut, o comissário do prémio, Miguel Gonçalves, destacou a inclusão da fotografia no Ensa Arte como um ganho para os angolanos.
“Além das modalidades artísticas habituais, a organização do prémio decidiu implementar a fotografia, como um panorama diversificado e bastante útil, para expansão da arte bienal”, referiu o também artista plástico Miguel Gonçalves.
Segundo o comissário, os candidatos ao prémio, que não residam na capital do país, devem enviar para a página da Internet do concurso a ficha de inscrição pre-
enchida, enquanto os residentes em Luanda devem entregar a documentação no edifício da Ensa, até 21 de Fevereiro de 2020.
Quanto aos prémios, Miguel Gonçalves disse que os vencedores do Grande Prémio e Prémio Juventude, em Pintura e Escultura, receberão um milhão e quinhentos mil kwanzas, cada um.
O vencedor do Prémio Aliança Francesa terá direito a participar numa residência artística, com duração de 30 dias, na escola técnica de França, e o do Prémio Especial de Fotografia, quinhentos mil kwanzas.
O secretário de Estado da Cultura para a Área Científica, Aguinaldo Cristóvão, disse, na ocasião, que o Prémio Ensa Arte é uma mais valia para o país, por permitir “grande envolvência dos artistas nacionais”.

Fonte: JA/LD

PUBLICIDADE
voltar ao topo

o tempo