Cultura

Óscares não vão mesmo ter apresentador

dd

Já se especulava que a cerimónia não tivesse um apresentador, mas agora chega o anúncio oficial. Ao invés, a solução passa por ter vários atores a apresentarem os diferentes segmentos.

Os rumores já circulavam há algum tempo e adensaram-se com a aproximação da data da cerimónia, mas agora é oficial: os Óscares não vão ter um apresentador definido. A informação está a ser avançada pela Reuters que cita o presidente da ABC Entertainment, Karey Burke.

Depois de ter assumido este cargo em novembro, Karey Burke teve de gerir este difícil processo de encontrar um apresentador para os Óscares depois de Kevin Hart ter renunciado ao evento depois de terem ressurgido antigos tweets homofóbicos seus.

Esta terça-feira de manhã respondeu a perguntas para a Television Critics Association e, sem dar grande ênfase, revelou o que já não era uma grande surpresa.

"O principal objetivo, que disseram-me que a Academia prometeu no ano passado, é ter um espetáculo de três horas. Os produtores decidiram de forma sábia não ter um apresentador e fazer dos apresentadores das categorias e dos filmes as estrelas. Essa é a melhor forma de ter um espetáculo de umas rápidas três horas", salientou Karey Burke.

Questionada se a ausência de um apresentador como tem sido tradição a deixou nervosa, a presidente da ABC Entertainment admitiu que "sim", mas que isso mudou com o passar do tempo. "Descobri que a falta de clareza em torno dos Óscares manteve-os como foco das conversas. O mistério é envolvente".

Karey Burke esclareceu ainda que a cerimónia não vai começar com a entrega de um dos Óscares. "Temos uma abertura muito entusiasmaste planeada. Não vamos ter as pessoas a agradecerem logo aos seus agentes".

A cerimónia dos Óscares realiza-se no dia 24 deste mês.

Fonte: NM / EB

PUBLICIDADE
voltar ao topo

o tempo