Ciência

Perda de memória provocada pela doença de Alzheimer poderá ser revertida

dd

Um dos sintomas mais conhecidos da doença de Alzheimer é a perda de memórias. Um novo estudo do MIT revela que poderá ser possível reverter este sintoma.

De acordo com o estudo publicado na revista Cells Reports poderá ser possível quebrar os bloqueios genéticos dentro do cérebro que provocam a perda de memória deriva da doença de Alzheimer.

A perda de memória provocada pela doença de Alzheimer ocorre quando a enzima HCAC2 comprime os genes cerebrais da memória até que estes se tornam inúteis, levando, por sua vez, ao esquecimento e à dificuldade em formar novas memórias.

Apesar de a solução óbvia ser bloquear a acção da enzima HCAC2, tem sido fazê-lo porque esse bloqueio também afecta outras enzimas HDAC, o que afecta os órgãos internos.

O MIT conseguiu, em dezembro, bloquear com sucesso a acção da enzima HCAC2 sem afectar outras enzimas. A sua técnica utilizou luzes LED para impedir que a enzima se ligasse a outra componentes, Sp3, que a ajuda a conseguir bloquear os genes.

Fonte: Lifestyle/BA

PUBLICIDADE
voltar ao topo

o tempo

Hoje

20°C

Amanhã

Depois

Hoje

24°C

Amanhã

Depois

Hoje

25°C

Amanhã

Depois

Hoje

20°C

Amanhã

Depois

Hoje

18°C

Amanhã

Depois

Hoje

17°C

Amanhã

Depois

Hoje

20°C

Amanhã

Depois

Hoje

18°C

Amanhã

Depois

Hoje

17°C

Amanhã

Depois

Hoje

26°C

Amanhã

Depois

Hoje

18°C

Amanhã

Depois

Hoje

21°C

Amanhã

Depois

Hoje

17°C

Amanhã

Depois

Hoje

23°C

Amanhã

Depois

Hoje

19°C

Amanhã

Depois

Hoje

18°C

Amanhã

Depois

Hoje

22°C

Amanhã

Depois

Hoje

25°C

Amanhã

Depois

Hoje

24°C

Amanhã

Depois

Hoje

20°C

Amanhã

Depois

Hoje

25°C

Amanhã

Depois

Hoje

25°C

Amanhã

Depois

Hoje

21°C

Amanhã

Depois