Ciência

Melinda Gates quer acabar com diferença salarial entre homens e mulheres

dd

Melinda Gates, empresária norte-americana

Foto: Brad Barket/Getty Images

Melinda Gates, empresária norte-americana

Foto: Brad Barket/Getty Images

Um relatório publicado pela empresa de investimento e incubação de Melinda Gates, a Pivotal Ventures, reflete a necessidade de investir na integração de mulheres em empresas tecnológicas, sobretudo em diminuir a desigualdade salarial entre homens e mulheres.

“Apesar de muitos líderes [de empresas] expressarem o seu desejo de trazer mais mulheres para a área [da tecnologia], a maioria das empresas não investe de forma significativa na melhoria da diversidade de género em tecnologia através da sua filantropia”, pode ler-se no relatório.

O relatório nota também que, apesar de gigantes do sector como a Microsoft, a Google, a Apple e o Facebook publicarem relatórios de diversidade, não há um investimento relevante nesta causa, notando-se em alguns até um retrocesso.

“Se enquanto sector [as empresas tecnológicas] conseguirem traduzir a energia em torno da diversidade de género numa ação coletivo que atravesse o sector, irá além de uma melhoria para significativamente transformar a face da indústria”, refere o relatório de acordo com o CNet.

Fonte: NM / EB

PUBLICIDADE
voltar ao topo

o tempo