Ciência

Astrónomos detectam buraco negro que engole um sol em poucos dias

dd

Christian Wolf, da National University Research School of Astronomy and Astrophhysics, da Austrália, revela que «este buraco negro está a crescer tão rapidamente que é milhares de vezes mais brilhante do que qualquer galáxia, devido a todos os gases que engole diariamente e que causam bastante fricção e calor».

Os investigadores estimam que este buraco negro tenha o tamanho de 20 mil milhões de sóis e capacidade de engolir massa equivalente a um sol a cada poucos dias, o que o faz crescer 1% a cada milhão de anos, noticia a Cnet.

O SMSS J215728.21-360215.1 é um quasar, ou buraco negro supermassivo, e está a emitir luz ultravioleta e raios-X a um ritmo tão intenso que, se estivesse na Via Láctea, tornaria impossível a vida na Terra. Não existem motivos para preocupação para já, uma vez que este quasar está localizado a 12 mil milhões de anos luz de distância e data do início do universo.

«Não sabemos como é que este buraco cresceu tanto, tão rapidamente nos primeiros dias do universo», explica Wolf.

Fonte: Exame Informática / EB

PUBLICIDADE
voltar ao topo

o tempo

Hoje

31°C

Amanhã

Depois

Hoje

22°C

Amanhã

Depois

Hoje

24°C

Amanhã

Depois

Hoje

23°C

Amanhã

Depois

Hoje

27°C

Amanhã

Depois

Hoje

26°C

Amanhã

Depois

Hoje

27°C

Amanhã

Depois

Hoje

25°C

Amanhã

Depois

Hoje

24°C

Amanhã

Depois

Hoje

23°C

Amanhã

Depois

Hoje

24°C

Amanhã

Depois

Hoje

26°C

Amanhã

Depois

Hoje

26°C

Amanhã

Depois

Hoje

26°C

Amanhã

Depois

Hoje

25°C

Amanhã

Depois

Hoje

26°C

Amanhã

Depois

Hoje

20°C

Amanhã

Depois

Hoje

23°C

Amanhã

Depois

Hoje

31°C

Amanhã

Depois

Hoje

28°C

Amanhã

Depois

Hoje

24°C

Amanhã

Depois

Hoje

23°C

Amanhã

Depois

Hoje

24°C

Amanhã

Depois