Ciência

Asteróide maior do que Estátua da Liberdade está se aproximando da Terra

dd

Foto: © Fotolia / Mopic

Foto: © Fotolia / Mopic

Deslumbramento e temor são emoções que se fundem à medida que o objeto alienígena se aproxima do raio de visão dos terráqueos. A previsão para a melhor visualização são as primeiras horas de 6 de fevereiro.

Baptizado pela NASA de Asteróide 2013 RV9, o objecto rochoso e metálico deverá se mostrar em destaque ao olhar dos habitantes da Terra às 3h30 da quarta-feira (6), no horário de Brasília. A distância entre o asteróide e o nosso planeta será de cerca de 6.842,740 quilómetros, o que é uma proximidade maior do que das últimas seis vezes em que o viajante do espaço passou pelo planeta na última década.

Para entender o quão próximo o asteróide ficará da Terra, em 2003 e 2004, a distância era de 54.204.692 e 57.613.556 quilómetros. Em agosto de 2018, a proximidade chegou a 34.709.371 quilómetros.

O tamanho do RV9 é estimado em torno de 51 a 110 metros de diâmetro. A altura é maior do que a Estátua da Liberdade – 93 metros.

A NASA identificou o asteróide como um Objecto Próximo à Terra (NEO) que inclui os corpos celestes do Sistema Solar com órbitas que os podem trazer perto do nosso planeta.

"Devido aos esforços contínuos de busca para encontrar a maioria dos grandes NEO, os objetos serão eventualmente encontrados em trajetórias muito próximas da Terra. Um cuidado deve ser tomado para verificar quaisquer previsões de impacto com a Terra", explica a NASA, acrescentando que o possível impacto poderá ser calculada alguns anos antes do evento.

Segundo a agência espacial, dado o tempo de aviso prévio de vários anos, a tecnologia existente poderia ser usada para desviar o objecto ameaçador da Terra.

As próximas visualizações do RV9 a partir da Terra serão em 2022, 2023, 2024 e outras diversas vezes durante este século.

Fonte: Sputnik / EB

PUBLICIDADE
voltar ao topo

o tempo