Ciência

Apple vai apostar nos serviços em 2019

dd

Com o segmento dos smartphones a estagnar, tudo indica que a aposta da Apple para 2019 vai passar pelos serviços, com destaque para um serviço de streaming de TV

Já em julho, Tim Cook tinha referido que a Apple estava a preparar novidades no segmento dos serviços, «dado o momento atual». A empresa obtem dois terços da receita atual através das vendas de smartphones, mas, uma vez que esse segmento está a enfrentar alguma estagnação, a Apple poderá ser uma empresa bastante diferente nos próximos anos.

Segundo a Cnet, no próximo ano a marca da “maçã” vai lançar para o mercado um serviço de streaming de vídeo, uma subscrição para revistas e ainda mais funcionalidades relacionadas com a saúde. Bob O’Donnell, analista da Technalysis Research vaticina que «a Apple será uma empresa diferente. É uma questão de saber quando».

Atualmente, a empresa tem mais de 1,3 mil milhões de aparelhos ativos e é daí que conta com 330 milhões de subscrições pagas, um número que aumentou 50% face ao ano anterior. Só em serviços, as receitas da companhia chegaram aos 37,2 mil milhões de dólares, o equivalente a 14% das receitas totais, no ano fiscal que terminou em setembro.

Para o serviço de streaming, a Apple pretende apostar em conteúdos originais e já tem acordos com grandes figuras como Oprah Winfrey, M. Night Shyamalan e Steven Spielberg. Segundo os rumores, a aposta pode passar por um rival do Netflix, Hulu e Amazon Video e o modelo pode passar por um grande leque de serviços que inclui o Apple Music. Nas revistas, a aposta passa pelo Texture, apelidado de “Netflix das revistas”. A empresa foi comprada em março e espera-se que o novo serviço seja lançado algures em 2019.

A Apple recusou comentar o tema.

Fonte: Exame Informática / EB

PUBLICIDADE
voltar ao topo

o tempo