Outras modalidades

Voluntários e jornalistas queixam-se de falta de transportes em Pyeongchang

dd

Os Jogos Olímpicos não são o local ideal para ter falta de mobilidade, mas a verdade é que andar de um lado para o outro em Pyeongchang tem-se revelado um pesadelo. Que o digam milhares de trabalhadores, voluntários e jornalistas que se têm deparado com esperas de horas ao frio porque, aparentemente, não há autocarros suficientes e os que há, são lentos.

Segundo o presidente do Comité Olímpico Internacional, Thomas Bach, "não há ensaios nos Jogos Olímpicos no que diz respeito aos transportes. Mas, ainda esta manhã, o comité organizador local garantiu que essas questões que têm surgido vão ser resolvidas".

A organização anunciou que vai gastar mais de 2 milhões de euros e acrescentar mais cerca de duas centenas de autocarros à frota de 1800 já existente.

Fonte: Euronews/LD

PUBLICIDADE
voltar ao topo

o tempo