Outras modalidades

Márquez vence GP de San Marino com ultrapassagem na última volta

dd

Piso molhado no circuito Marco Simoncelli

Foto: Reuters

Piso molhado no circuito Marco Simoncelli

Foto: Reuters

O espanhol Marc Márquez (Honda), com uma ultrapassagem na última volta, venceu este domingo o Grande Prémio de San Marino, 13.ª ronda do Mundial de motociclismo, e igualou o italiano Andrea Dovizioso (Ducati) no topo da classificação de MotoGP.

Numa corrida que ficou marcada pela chuva e pelo piso molhado do circuito Marco Simoncelli, em Misano, Itália, o atual campeão do mundo esperou pela 28.ª e última volta para passar Danilo Petrucci (Ducati), que liderou grande parte da prova, para somar o quarto triunfo da temporada.

Márquez terminou a corrida em 50.41,565 minutos, com uma vantagem de 1,192 segundos sobre Petrucci e 11,706 sobre Andrea Dovizioso (Ducati), que fechou o pódio. 

Jorge Lorenzo (Ducati), que largou da 'pole-postion' esteve na frente durante as primeiras seis voltas, mas uma queda, devido à chuva, obrigou o espanhol a abandonar, tal como aconteceu com outros cinco pilotos, numa pista difícil de 'ler', a alternar zonas molhadas com piso seco.

Na classificação, Marc Márquez saltou para o primeiro lugar, com os mesmos pontos de Andrea Dovizioso (199), enquanto Maverick Viñales continua no terceiro lugar, com 183, à frente ao italiano Valentino Rossi (Yamaha), o grande ausente em Misano, que soma 157.

O veterano piloto transalpino, de 38 anos, sete vezes campeão mundial na categoria rainha, fraturou a tíbia e o perónio num treino e, depois de operado, procurar regressar à competição na próxima corrida, o Grande Prémio de Aragão, Espanha, em 24 de setembro, ou no Japão, em 15 de outubro.

Em Moto2, o português Miguel Oliveira (KTM) também foi vítima de uma queda e abandonou a corrida, que foi ganhar pelo suíço Dominique Aegerter (Suter), à frente do compatriota Thomas Luthi (Kalex) e do malaio Hafizh Syahrin (Kalex).

Oliveira foi uma das muitas vítimas de queda motivadas pela chuva, que acompanhou toda a prova no circuito Marco Simoncelli e que 'derrubou' meio pelotão, incluindo o italiano Franco Morbidelli (Kalex), líder do campeonato.

O português manteve o quarto lugar, com 155 pontos, menos 14 do que espanhol Alex Márquez (ausente em Misano), enquanto Morbidelli conservou a liderança, com 223, mais nove do que Luthi, o grande beneficiado do dia.

Na categoria inferior, Moto3, a vitória foi para o italiano Romano Fenati (Honda), à frente do espanhol Joan Mir (Honda), segundo, e do também italiano Fabio di Giannantonio (Honda).

Mir segue no comando do Mundial, com 246 pontos, seguido de Fenati, com 185, e do espanhol Arón Canet, com 162.

TPA com Reuters / EB

PUBLICIDADE
voltar ao topo

o tempo

Hoje

24°C

Amanhã

Depois

Hoje

22°C

Amanhã

Depois

Hoje

25°C

Amanhã

Depois

Hoje

20°C

Amanhã

Depois

Hoje

23°C

Amanhã

Depois

Hoje

21°C

Amanhã

Depois

Hoje

21°C

Amanhã

Depois

Hoje

21°C

Amanhã

Depois

Hoje

19°C

Amanhã

Depois

Hoje

24°C

Amanhã

Depois

Hoje

19°C

Amanhã

Depois

Hoje

22°C

Amanhã

Depois

Hoje

20°C

Amanhã

Depois

Hoje

22°C

Amanhã

Depois

Hoje

22°C

Amanhã

Depois

Hoje

21°C

Amanhã

Depois

Hoje

19°C

Amanhã

Depois

Hoje

24°C

Amanhã

Depois

Hoje

26°C

Amanhã

Depois

Hoje

22°C

Amanhã

Depois

Hoje

25°C

Amanhã

Depois

Hoje

23°C

Amanhã

Depois

Hoje

22°C

Amanhã

Depois