Outras modalidades

Ferrari terá primeira atualização no motor para GP da Espanha de F1

dd

Escuderia italiana pretendia estrear segunda versão do motor apenas no GP do Canadá, oitava rodada da temporada 2019 da F1

A Ferrari apresentará sua primeira atualização de motor da temporada 2019 da Fórmula 1 no GP da Espanha deste fim de semana, duas corridas antes do planejado. A equipe italiana pretendia esperar até o GP do Canadá, na oitava rodada da temporada, para usar sua segunda unidade de potência pela primeira vez. No entanto, a escuderia revelou que planeja rodar o motor atualizado já em Barcelona, com novo lubrificante de sua parceira técnico Shell.

A Ferrari se une à Honda como as duas equipes com motores atualizados antes do previsto. No entanto, o time japonês introduziu seu motor "Spec-2" no Azerbaijão como medida de precaução após uma preocupação de confiabilidade. Já a Ferrari disse que sua decisão é baseada em desempenho. Os italianos estão a 74 pontos da Mercedes entre os Construtores, depois dos alemães chegarem a quatro dobradinhas nas primeiras quatro corridas.

 

Em sua tentativa de diminuir essa margem, o novo motor da Ferrari será acompanhado na Espanha por novos desenvolvimentos aerodinâmicos, após a estreia de novos bargeboards e asa traseira no GP do Azerbaijão.

Mattia Binotto, chefe da equipe, afirmou: "Estamos atualmente atrás no campeonato e temos de nos recuperar, o que torna nosso trabalho de desenvolvimento chave para esta temporada. Tendo trazido um novo pacote aerodinâmico para Baku, traremos alguns desenvolvimentos nessa área para Barcelona. Além disso, teremos uma nova unidade de energia que estamos introduzindo antes do previsto, já que a segunda especificação deveria ser para o Canadá”.

"A Shell, em estreita colaboração com a nossa equipe, desenvolveu uma formulação diferente de lubrificante que também será introduzida com a nova unidade de potência, proporcionando um melhor desempenho. Tudo depende de um grande esforço de equipe, com todos trabalhando duro”, completou Binotto.

Fonte:F1/RM

PUBLICIDADE
voltar ao topo

o tempo