Outras modalidades

Equipa do Circuito de Sepang se torna satélite da Yamaha

dd

A equipe malaia SIC Racing vai se juntar ao grid da MotoGP em 2019 no lugar da Angel Nieto Team na lista de inscritos. Recém-chegado à MotoGP, o time vai correr com as duas Yamaha YZR-M1 anteriormente da Tech3, equipe satélite de longa data da fabricante de Iwata, que se ligará à KTM no próximo ano.

A SIC Racing, que é propriedade do Circuito Internacional de Sepang, competiu na Moto3 e na Moto2 desde que chegou ao mundial, em 2014.

A equipe Nieto, criada pelo campeão de 80cc e 125cc Jorge Martinez, era conhecida como Aspar - tomando o nome do apelido de longa data de Martinez. Ela foi renomeada em homenagem ao falecido Angel Nieto antes desta temporada.

"A Angel Nieto Racing Team (ANRT) e o Circuito Internacional de Sepang (SIC) chegaram, em princípio, a um acordo pelo qual a partir da temporada 2019 da MotoGP, a SIC assumirá as duas entradas da MotoGP da ANRT", afirmou o comunicado da equipe.

"O Sr. Jorge Martinez 'Aspar' assumirá a posição de Conselheiro Desportivo desta nova equipe de MotoGP."

Desde que se juntou à MotoGP em 2010, a Aspar já teve acordo com Ducati, Honda e Aprilia, mas nunca conseguiu um pódio de categoria rainha – embora Eugene Laverty e o atual piloto Alvaro Bautista tenham conseguido quartos lugares.

A equipe atualmente possui uma especificação de Ducati de 2017 para Bautista e uma versão de 2016 para Karel Abraham.

O acordo entre a Yamaha e a SIC Racing deverá durar até ao final de 2021. A fabricante anunciou que os dois lados assinaram um memorando de entendimento.

É esperado que o estreante da Marc VDS Honda, Franco Morbidelli, esteja em uma das Yamahas da equipe no próximo ano, mas há muito mais incerteza sobre a identidade de seu futuro companheiro de equipe.

Dani Pedrosa, da Honda, há muito tempo é considerado um favorito para o lugar, mas o espanhol - que anunciará o seu futuro em Sachsenring na próxima semana - também pensa em se aposentar.

Fonte:F1/RM

PUBLICIDADE
voltar ao topo

o tempo