Outras modalidades

Comité Organizador da corrida pedestre “José Sayovo” prepara logística

dd

O Comité Organizador da 12ª edição da corrida pedestre “José Sayovo” reúne-se hoje, às 11h00, no Comité Paralímpico Angolano (CPA), no Complexo da Cidadela, em Luanda, para análise das questões logísticas, financeiras, administrativas e segurança.

Com um percurso de 10 quilómetros, o evento premeia os cinco primeiros classificados, de ambos sexos, das 21 categorias. Para tal, o comité organizador deve contar com um orçamento de 25 milhões de Kwanzas.

A corrida é disputada dia 24 deste mês, nas principais avenidas de Luanda, com tiro de largada, às 17h00, no Largo António Jacinto (antigo poeta e nacionalista, primeiro ministro da Cultura de Angola, de 1975 a 1978).

O têrmino da prova será no  Complexo da Cidadela, no distrito urbano do Rangel.A alteração do horário das 7h00 para as 17h00, foi recomendação do Conselho Superior dos Desportos, para adaptação ao clima, neste período do ano,  em Luanda.

As inscrições são gratuitas e começaram dia16 de Janeiro na sede do CPA, na Cidadela, tendo encerramento previsto para  dia 20 deste mês.   
Além dos técnicos e pessoal administrativo do CPA, integram o Comité Organizador, membros do Governo da Província de Luanda (GPL), Centro Nacional de Medicina  do Desporto (CENAMED), Direcção Nacional
para Política do Desporto (DNPD) e Polícia  Nacional (PN).

João Feliciano e Emeloide Fernanda, ambos da classe de T11 (deficiente visual), da província do Bié, foram os vencedores da edição anterior, ao cronometrarem o tempo de 38 minutos, 53 segundos e 47 centésimos. A Taça José Sayovo foi instituída pelo Ministério da Juventude e Desportos em homenagem aos êxitos desportivos do velocista José Sayovo, triplo recordista mundial e paralímpico nas especialidades dos 100, 200 e 400 metros livres, durante os Jogos Paralímpicos de Atenas'2004, (três medalhas de ouro),
Beijing' 2008 (três de pratas) e Londres' 2012 (uma de ouro).                                                                                                     

Fonte: JA/LD

PUBLICIDADE
voltar ao topo

o tempo