Outras modalidades

Barra do Dande testemunha despiques da segunda jornada

dd

A segunda jornada do Campeonato Angolano de Rali Raid (CARR) acontece este domingo, no município da Barra do Dande, província do Bengo, com a disputa da prova denominada “Rali TT Rox do Dande”, com o percurso de 35 km, nas classes M (moto duas rodas) Q (moto quatro) E (Polaris) e TT (Jeeps e carrinhas).

Em declarações ao Jornal de Angola, Pedro Cristina, coordenador do evento, estão criadas todas as condições, faltando apenas alguns acertos de ordem técnica, ao passo que as inscrições encerram na quinta-feira. O evento conta com o apoio da administração local.
O percurso normal tinha apenas 22 km, considerado curto para provas do nível do CARR. Foram mobilizadas máquinas para ampliar a distância do trajecto, com a extensão de mais 13km. “É uma pista nova, com uma parte técnica, zonas rápidas.
O piso varia porque os pilotos vão encontrar traçados com areia e algum burgau. Acredito que vai satisfazer o interesse dos pilotos”, argumentou Pedro Cristina. Neste momento, ainda de acordo com o coordenador, existem zonas com alguma lama, fruto das chuvas. Mas a organização já encontrou a alternativa. Parte do traçado poderá ser cumprido numa zona asfaltada.
A Fazenda Pai Timóteo vai albergar parte da comitiva. A Administração Municipal da Barra do Dande e a Direcção Provincial do Turismo comprometeram-se a garantir o alojamento dos pilotos vindos das outras províncias, com excepção dos de Luanda.
Uma das novidades para esta prova é o regresso do “road book” (sinalização do percurso específica para co-pilotos). “Desde 2012 que não tinhas esta sinalização, porque houve uma redução considerável de co-pilotos. Como o numero voltou a aumentar, a pedido dos concorrentes, voltamos a introduzir”, explicou o coordenador.
A presente época foi aberta na província de Malanje. Os populares aderiram em massa e testemunharam a passagem dos concorrentes. A prova teve dois prólogos de 8 km cada e quatro “Especiais” de 25 km.
João Catarino, em KTM, venceu nas motos, seguido por Branquinho Pina, na sua estreia no CARR, ao passo que Célio Plácido fechou o pódio.
A dupla Ricardo Seque-ira/Jorge Monteiro triunfou com um Mitsubishi Pajero em TT. Maló Almeida e João Paulo tiveram problemas técnicos com a carrinha Nissan Navara, tendo terminado em segundo.
Nos Polaris, José Rocha venceu e convenceu. A dupla estreante na classe Hugo Carvalho/Cipriano Pascoal terminou em segundo.

Fonte: JA/BA

PUBLICIDADE
voltar ao topo

o tempo