Outras modalidades

Angola pronta para "assaltar" pódio em Gaberone

dd

A delegação angolana à VIII edição dos jogos da SADC (Comunidade dos Países da África Áustral), que se disputam de 6 a 16 deste mês, em Gaberone (Botswana), vai a esta competição com o objectivo único de tomar um lugar no pódio e , assim, melhorar a quarta posição ocupada em Luanda, em 2016.

Para atingir este desiderato, a equipa nacional primou por uma preparação muito profícua, com sessões bi-diárias e vários desafios de controle, informou hoje, no Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro, o director  nacional dos desportos  e  coordenador  da missão, Nicolau  Daniel.

Em declarações à Angop, momentos antes da comitiva embarcar para a capital tswanesa, o dirigente salientou que o grupo está coeso e com os níveis de confiança em cima, o que aumenta a crença em receber o terceiro lugar da VII edição ao Zimbabwe, quiçá o segundo aos anfitriões.

“Em função  da  nossa  preparação  e  o engajamento  dos  atletas  para a VIII edição da referida  prova,   o  nosso  único objectivo é  manter  ou melhorar  a  nossa  participação quer no geral quer individualmente”, augurou o  responsável.

A delegação angolana ao presente Jogos da SADC/2018 é composta por 182 integrantes, entre os quais 113 atletas, com idades compreendidas entre os 15 e 19 anos, representando nove modalidades: atletismo, atletismo adaptado, futebol, judo, natação, basquetebol, ténis, boxe e voleibol.

Com 125 medalhas no total (63 de ouro, 33 de prata e 29 de bronze), a África do Sul sagrou-se campeã da VII edição, em 2016, enquanto Angola classificou-se em quarto com um total de 34 medalhas das quais 12 de ouro, 8 de prata e 14 de bronze.

Fonte: Angop/LD

PUBLICIDADE
voltar ao topo

o tempo