Outras modalidades

Andebol: Angola vende o campeonato e Pedro Godinho reconhece título sofrido em Brazzaville

dd

SELECÇÃO ANGOLANA DE ANDEBOL SÉNIOR FEMININO

SELECÇÃO ANGOLANA DE ANDEBOL SÉNIOR FEMININO

Angola conquistou nesta quarta-feira (12) a 23ª edição do Campeonato Africano sénior feminino de andebol, ao derrotar na final a similar do Senegal, por 19-14, prova decorrida na cidade de Brazzaville (Congo).

"Quando a vitória é mais sofrida, o seu sabor torna-se melhor", disse hoje, em Brazzaville, Congo, o presidente da Federação Angolana de Andebol (FAND), Pedro Godinho, em relação à conquista do 13º título africano pela selecção nacional sénior feminina.

Ao falar após triunfo (19-14) de Angola sobre a similar do Senegal, no jogo da final, o dirigente desportivo valorizou o empenho da equipa, referindo que o feito constitui uma prenda para o povo angolano.  

“Foi uma vitória muito sofrida. A equipa teve um comportamento exemplar, que a permitiu chegar ao triunfo. Quando renovamos tinha a certeza de ganharíamos uma equipa jovem. É uma geração ganhadora. Por isso, temos equipa para muitos anos”, frisou.      

Nesta 23ª edição do africano, a selecção angolana, que sai invicta da prova, revalidou o troféu. A terceira posição foi para a RD Congo.  

TPA com Angop/AF

PUBLICIDADE
voltar ao topo

o tempo