Futebol Nacional

Libolo e Petro medem forças em Calulo

dd

Recreativo do Libolo e Petro de Luanda jogam hoje, às 15h00, no estádio da vila de Calulo, província do Cuanza-Sul, o desafios de cartaz na sequência da disputa da  primeira jornada da 41ª edição do Campeonato Nacional de Futebol da I Divisão, Girabola'2018/2019, iniciada ontem em Luanda e fica concluída na terça-feira, às 15h00, com a partida Interclube-1º de Agosto, no Estádio 22 de Junho.

No embate da jornada, a equipa de Calulo, que se preparou na cidade de Benguela  com o novo treinador, o luso-moçambicano Sérgio Boris Branco, quer começar a competição com um triunfo sobre os adversários.
O técnico do Libolo reconhece que o jogo vai ser difícil, diante de uma formação também candidata ao título do Girabola, e que tem feito bons resultados no seu reduto apesar de na edição passada ter perdido.
Roberto Bianchi, técnico do Petro de Luanda, por seu lado, que efectuou o estágio em Luanda e se reforçou com dois ghanenses, está na vila de Calulo com o objectivo de obter os três primeiros pontos. Nas partidas disputadas entre si, desde 2008 em Calulo, o Libolo ganhou apenas uma vez ao Petro, tendo empatado quatro e perdido seis.
Na sequência da ronda, o Kabuscorp do Palanca desloca-se à capital da província do Bié, Cuito, casa arrendada pela equipa do Cuando Cubango FC, com quem joga às 15h00, no Estádio dos Eucaliptos. Um desafio que se prevê difícil para a formação do bairro Palanca, depois do que sentiu no ano passado no Estádio Municipal de Menongue, aonde venceu com imensas dificuldades.
A Académica do Lobito, equipa sensação da edição anterior do Girabola, recebe o Sporting de Cabinda, às 15h00, no Estádio do Buraco, num desafio em que os anfitriões assumem o favoritismo.
Na cidade do Lubango, às 15h00, no Estádio do Ferroviário, o Desportivo da Huíla, outra formação sensação do campeonato passado, enfrenta o FC Bravos do Maquis. Um bom jogo em perspectiva entre equipas que lutam pelo meio da tabela classificativa. 
A  equipa de  Santa Rita de Cássia, que regressa ao convívio das formações da primeira divisão, defronta, às 15h00, o Recreativo da Caála, no Estádio Municipal 4 de Janeiro, na capital da província do Uíge, num desafio de favoritismo repartido, apesar de a formação católica jogar no seu reduto.

Fonte: JA/BA

PUBLICIDADE
voltar ao topo

o tempo